República Dominicana vai ser o Destino Internacional Convidado da BTL 2020

11-02-2020 (14h08)

A República Dominicana, que recebeu 35.766 turistas portugueses em 2019, menos 11,8% que no ano anterior, é o destino internacional convidado da BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa.

A República Dominicana vai ser o Destino Internacional Convidado da 32ª edição da BTL, que vai decorrer de 11 a 15 de Março, com stand assegurado no pavilhão 4. O ano de 2019 foi o 4º maior ano para o destino em termos de número de turistas portugueses, embora tenha recebido menos 4,8 mil (-11,8%) que em 2018.

Dália Palma, gestora da BTL, afirmou, citada em comunicado que "faz todo o sentido reforçarmos as relações com o Turismo da República Dominicana pela diversidade de oferta turística que apresenta", acrescentando ainda que "é um dos destinos de maior interesse para os principais operadores turísticos portugueses".

Karyna Font-Bernard, directora do Turismo da República Dominicana para Espanha e Portugal destacou, citada em comunicado, o entusiasmo pelo convite e a importância do mercado português para o país, classificando-o como "país chave na estratégia de crescimento do turismo".

"Todos os anos registamos um aumento de turistas portugueses na ilha caribenha, por isso sabemos que temos de continuar a apostar neste mercado, tendo como objectivo manter este crescimento de forma contínua", afirmou.

A directora mencionou que as "praias paradisíacas de água quente e a existência de charter directos para o destino são grandes impulsionadores na escolha dos portugueses", mas que o país "tem muito mais a oferecer e são os destinos menos conhecidos que queremos trazer à edição da BTL deste ano".

No que diz respeito ao número de turistas portugueses na República Dominicana em 2019, dados divulgados pelo Banco Central da República Dominicana indicam uma quebra de 4,8 mil turistas (-11,8%), o que pode estar associado a dois factores.

Esta quebra pode estar associada à redução do número de voos directos da Orbest, companhia aérea do grupo Ávoris, que opera em parceria com o operador turístico Soltour, que dispõe dos seus resorts Bahia Príncipe no destino.

Também pode estar associada a notícias sobre mortes de turistas norte-americanos, em circunstâncias peculiares, na República Dominicana. Estes eventos tiveram repercussão em diferentes mercados, que também registaram quebra no número de turistas em 2019.

O número de turistas internacionais na República Dominicana caiu 4,6% em 2019 para 6,44 milhões de turistas não residentes, incluindo 5,357 milhões de estrangeiros e 1,088 milhões de dominicanos residentes fora.

Os Estados Unidos, o maior mercado emissor para a República Dominicana, teve uma queda de 6,3% no número de turistas, ou seja, menos 148,2 mil. Este número representa mais de metade da quebra total do número de turistas estrangeiros não residentes no país, 260,1 mil.

Os mercados de Espanha, Holanda, Itália e Ucrânia, por sua vez, registaram aumentos no número de turistas na Dominicana, com respectivamente 165,7 mil turistas (mais 6,5 mil turistas que em 2018, +4,1%), 33,7 mil turistas (mais 6,5 mil turistas, +24,2%), 83,9 mil (mais 7,5 mil, +7,5%) e 23,2 mil (mais 7,8 mil, +51,2%).


Clique para ver mais: Empresas & Negócios

Clique para ver mais: Caraíbas

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Plano de reestruturação da SAA implica despedimentos e criação de nova empresa

16-07-2020 (13h36)

Os credores da falida companhia aérea sul-africana SAA aprovaram um plano de reestruturação, que resultará em cortes de empregos e na criação de uma nova empresa a partir das ruínas da empresa, anunciou o Ministério das Empresas Públicas.

Delta Airlines regista prejuízo de 5.475 milhões de euros no primeiro semestre

16-07-2020 (13h06)

A companhia aérea norte-americana Delta Airlines anunciou hoje que registou perdas de 6.251 milhões de dólares, cerca de 5.475 milhões de euros, no primeiro semestre de 2020, face ao lucro de 2.173 milhões de dólares, cerca de 1.903 milhões de euros que obteve no mesmo período de 2019.

Justiça decreta falência da companhia aérea Avianca Brasil

16-07-2020 (12h24)

A Justiça brasileira decretou na terça-feira a falência da companhia aérea Avianca Brasil, com dívidas de 2,7 mil milhões de reais (440 milhões de euros), na sequência do fracasso das negociações com credores.

American Airlines avisa trabalhadores que podem perder emprego em Outubro

16-07-2020 (11h45)

Os dirigentes da American Airlines escreveram aos 25 mil trabalhadores da transportadora aérea para lhes comunicar que o seu emprego pode desaparecer em Outubro, devido à queda da procura de viagens aéreas.

Pousadas de Juventude em reabrem após meses a apoiar combate à pandemia

16-07-2020 (11h34)

As Pousadas de Juventude reabriram ontem ao público com um conjunto de regras definidas com a ajuda das autoridades da saúde, após um período em que estiveram a apoiar o combate à pandemia.

Opinião e Análise