SET aponta a defesa do tecido empresarial do turismo como a prioridade imediata

06-01-2021 (15h27)

"Sem operadores económicos, sem as 132 mil empresas que constituem o nosso sector, muito dificilmente poderemos renascer", defendeu a secretária de Estado do Turismo (SET), Rita Marques.

Em intervenção na cerimónia de posse da Direcção da APAVT para o triénio 2021-2023, Rita Marques apontou como primeira prioridade "restabelecer as condições financeiras e económicas das nossas empresas", através de "mecanismos de recapitalização" e de "instrumentos que permitam melhor gerir a tesouraria e gerir os encargos fixos".

A governante defendeu também ser prioritário "garantir que o sector do turismo possa atingir a manutenção dos postos de trabalho como nós conhecíamos há um ano, idealmente reforçando as competências dos nossos trabalhadores".

A secretária de Estado do Turismo defendeu na cerimónia que é necessário recentrar a política para o turismo, com vista a torná-lo um sector da economia "audaz", em lugar de uma actividade "voraz", como antes da pandemia.

"Há uns meses falámos do turismo enquanto sector da economia voraz, o overtourism, e nós temos que recentrar a nossa política num turismo que não se quer voraz, mas sim audaz e sagaz", frisou Rita Marques.

Essa tarefa assiste a todos, "à Confederação, às associações, mas sobretudo à política pública e ao Governo", sublinhou a governante.

Para alcançar esse objectivo, a estratégia para o turismo até 2027 tem-se revelado "oportuna, mas ainda assim precisamos de comunicar melhor e dar conta que estamos completamente empenhados em fazer renascer o turismo, o bom turismo, o tal turismo sagaz e audaz e não o tal voraz que nos ameaçava há uns meses a esta parte, antes da pandemia".

 

Clique para ver mais: Portugal

Clique para ver mais: Empresas&Negócios

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pandemia enfatizou importância da sustentabilidade na aviação – CEO da TAP

16-09-2021 (17h22)

A CEO da TAP, Christine Ourmières-Widener, disse hoje que indústria da aviação foi “bastante afectada” pela pandemia de covid-19 e, com esta crise, ganharam importância as questões da sustentabilidade.

Portugal espera atingir este ano metade das receitas turísticas de 2019

16-09-2021 (16h49)

A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, disse que Portugal espera atingir este ano metade das receitas turísticas de 2019, pré-pandemia, mantendo "a ambição" de alcançar em 2027 a marca de 28 mil milhões de euros.

Pandemia alertou para necessidade de gerir turismo em excesso - Pedro Siza Vieira

16-09-2021 (16h30)

A pandemia de covid-19 mostrou que “o problema do turismo em excesso precisa de ser gerido”, disse hoje o ministro da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira, durante uma conferência em Évora.

Maior navio de cruzeiros do mundo chega à Europa em Maio de 2022

16-09-2021 (15h54)

A Royal Caribbean anunciou que vai posicionar o maior navio de cruzeiros do mundo na Europa a partir de Maio de 2022, o Wonder of the Seas, que fará itinerários no Mediterrâneo com embarques em Barcelona e Roma.

Emirates quer recrutar 3.000 tripulantes de cabine e 500 agentes de serviços aeroportuários

16-09-2021 (15h00)

A Emirates lançou uma campanha para recrutar 3.000 tripulantes de cabine e 500 agentes de serviços aeroportuários para o seu hub no Dubai, com vista à recuperação das operações nos próximos seis meses.

Opinião e Análise