Taxa de ocupação dos hotéis de Macau enceta recuperação em Março

29-04-2020 (15h15)

A taxa média de ocupação dos hotéis de Macau foi de 22,6% em Março, em forte quebra de 68,7 pontos em relação ao mês homólogo de 2019, mas denotando recuperação em relação a Fevereiro, em que a queda atingiu 78,1 pontos, tendo ficado em 14,3%.

Os dados dos serviços de estatísticas de Macau indicam que nos 5-estrelas, que são a categoria com mis unidades e mais quartos, a taxa de ocupação melhorou de 10% em Fevereiro para 16,9% em Março, nos 4-estrelas a evolução foi de 19,6% para 28% e nos 3-estrelas foi de 24,2% para 37,7%.

A mesma informação indica que os hotéis de Macau acolheram 233,3 mil hóspedes em Março, em quebra de 80% em relação ao mês homólogo de 2019, mas já em recuperação em relação a Fevereiro, em que tiveram uma quebra em 85,7%, para 151,3 mil.

 

Clique para mais notícias: Macau

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Companhia aérea brasileira Azul regista prejuízo de 450 milhões de euros no segundo trimestre

14-08-2020 (18h45)

A companhia aérea brasileira Azul registou um prejuízo de 2,9 mil milhões de reais (450 milhões de euros) no segundo trimestre de 2020, segundo balanço financeiro divulgado pela empresa.

EuroAtlantic vai ter novo horário na ligação para Bissau

14-08-2020 (18h12)

A euroAtlantic vai começar voar para a Guiné-Bissau num novo horário, com chegada diurna à capital guineense, a partir de 4 de Setembro, informou a companhia aérea.

Brasileira Azul lança empresa de aviação regional

12-08-2020 (20h37)

A companhia aérea brasileira Azul lançou na terça-feira uma nova subsidiária para o mercado de voos regionais, denominada Azul Conecta, que pretende chegar a 200 cidades nos próximos anos.

Portugal mantém-se no final de Julho a 8ª maior origem/destino de passageiros dos aeroportos espanhóis

12-08-2020 (17h03)

Os aeroportos espanhóis contabilizaram 1,077 milhões de passageiros em voos de/para Portugal nos primeiros sete meses deste ano, o que mantém o país como 8ª maior origem/destino de passageiros, ainda que a pandemia tenha causado uma quebra em 66% ou 2,087 milhões.

Pandemia já tirou mais de 105 milhões de passageiros aos aeroportos espanhóis

12-08-2020 (15h35)

Os aeroportos espanhóis tiveram em Julho quase sete milhões de passageiros, mas ainda assim ficaram 76,3% ou 22,4 milhões abaixo do mês homólogo de 2019, elevando a quebra desde o início do ano para 106,8 milhões (-67,9%), de acordo com os dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis recolhidos pelo PressTUR.

Opinião e Análise