Vacinação ou testes são obrigatórios para trabalhos específicos em Hong Kong

02-08-2021 (16h30)

Foto: Unsplash / Dan Freeman
Foto: Unsplash / Dan Freeman

Funcionários públicos, professores e cuidadores de Hong Kong têm de ser vacinados contra a covid-19 ou ser testados duas vezes por semana a seu custo, anunciou hoje a chefe do Governo, Carrie Lam.

Hong Kong é dos poucos territórios do mundo a ter doses suficientes para toda a população, que permanece relutante já que seis meses após o lançamento da campanha de vacinação apenas 36% das pessoas em idade de se vacinarem receberam as duas doses e 48% uma dose, num território com 7,5 milhões de habitantes.

Carrie Lam, citada pela Agência Lusa, anunciou hoje medidas para aumentar a taxa de imunização, tornando a vacinação obrigatória para os funcionários públicos, cuidadores, funcionários de lares de idosos e professores.

As pessoas que não quiserem ser vacinadas terão de fazer dois testes por semana, à sua custa - a menos que haja uma contraindicação médica -, com a chefe do Executivo a defender que “um governo responsável” não deve “tolerar” pessoas que recusam ser vacinadas por outros motivos.

Clique para ver mais: Empresas & Negócios

Clique para ver mais: Ásia & Pacífico

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pandemia enfatizou importância da sustentabilidade na aviação – CEO da TAP

16-09-2021 (17h22)

A CEO da TAP, Christine Ourmières-Widener, disse hoje que indústria da aviação foi “bastante afectada” pela pandemia de covid-19 e, com esta crise, ganharam importância as questões da sustentabilidade.

Portugal espera atingir este ano metade das receitas turísticas de 2019

16-09-2021 (16h49)

A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, disse que Portugal espera atingir este ano metade das receitas turísticas de 2019, pré-pandemia, mantendo "a ambição" de alcançar em 2027 a marca de 28 mil milhões de euros.

Pandemia alertou para necessidade de gerir turismo em excesso - Pedro Siza Vieira

16-09-2021 (16h30)

A pandemia de covid-19 mostrou que “o problema do turismo em excesso precisa de ser gerido”, disse hoje o ministro da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira, durante uma conferência em Évora.

Maior navio de cruzeiros do mundo chega à Europa em Maio de 2022

16-09-2021 (15h54)

A Royal Caribbean anunciou que vai posicionar o maior navio de cruzeiros do mundo na Europa a partir de Maio de 2022, o Wonder of the Seas, que fará itinerários no Mediterrâneo com embarques em Barcelona e Roma.

Emirates quer recrutar 3.000 tripulantes de cabine e 500 agentes de serviços aeroportuários

16-09-2021 (15h00)

A Emirates lançou uma campanha para recrutar 3.000 tripulantes de cabine e 500 agentes de serviços aeroportuários para o seu hub no Dubai, com vista à recuperação das operações nos próximos seis meses.

Opinião e Análise