Vila Galé prevê abrir hotel em São Paulo no primeiro trimestre de 2020

02-01-2019 (14h34)

O grupo hoteleiro português Vila Galé perspectiva inaugurar o hotel Vila Galé Paulista, a sua primeira unidade na cidade de São Paulo, no primeiro trimestre de 2020.

“A maior metrópole da América Latina ostentará a marca de hotelaria portuguesa quando abrir o Vila Galé Paulista, previsivelmente no primeiro trimestre de 2020”, avança o grupo na sua revista “Feel”.

O hotel resultará da transformação de um edifício de escritórios próximo da Avenida Paulista, como avançou o PressTUR em Outubro (clique para ler: Vila Galé já tem acordo para edifício do Vila Galé Paulista em São Paulo).

O Vila Galé Paulista ficará instalado num edifício de 11 andares, com 104 quartos, um bar no ‘rooftop’, um restaurante e uma cafetaria.

Localizado na área da Bela Cintra, o hotel “está rodeado de boa oferta cultural e de lazer”, incluindo o Museu de Arte de São Paulo (MASP), Casa das Rosas, Itaú Cultural, Parque Trianon e Japan House.

Jorge Rebelo de Almeida, presidente do grupo hoteleiro, avançou em Setembro do ano passado que tinha previsto concluir brevemente um acordo para abrir um hotel na cidade de São Paulo, capital do estado onde residem 50% dos clientes dos seus hotéis no Nordeste do Brasil.

Jorge Rebelo de Almeida afirmou na altura que considera "muito importante para o Nordeste que a Vila Galé tenha uma presença em São Paulo", uma vez que "50% dos nossos clientes no Nordeste são provenientes do Estado de São Paulo".

A Vila Galé tem a maior rede de resorts do Brasil, a maioria dos quais no Nordeste. No Brasil, o grupo tem três hotéis de cidade, no Rio de Janeiro, em Salvador e em Fortaleza, e seis resorts, em Angra dos Reis (Rio de Janeiro), Cumbuco (Ceará), Guarajuba (Bahia), Cabo de Santo Agostinho (Pernambuco) e Touros (Rio Grande do Norte).

O Nordeste será também o destino do seu próximo resort no Brasil, o Vila Galé Costa do Cacau, em Una, a cerca de 30 quilómetros de Ilhéus, no estado da Bahia, previsto inaugurar em 2022 (clique para ler: Construção do Vila Galé Costa do Cacau deverá começar em Abril/Maio - Jorge Rebelo de Almeida).

Os projectos mais recentes da Vila Galé no Brasil foram a inauguração de um resort em Touros, no Rio Grande do Norte, e do Vila Galé Costa dos Ventos Suíte Cumbuco, um complexo com 65 apartamentos, que resulta da transformação do empreendimento residencial VG Sun Cumbuco, localizado ao lado do Vila Galé Cumbuco (clique para ler: Vila Galé inaugura resort em Touros no Brasil).

 

Clique para ver mais: Vila Galé

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Transavia retoma voos para Lisboa e Faro a 4 de Junho

26-05-2020 (12h35)

A Transavia, low cost do grupo Air France KLM, está a anunciar a retoma a 4 de Junho de voos de Amesterdão para Lisboa e para Faro.

Magnata do jogo de Macau Stanley Ho morre aos 98 anos

26-05-2020 (12h10)

O magnata do jogo de Macau Stanley Ho morreu hoje aos 98 anos, em Hong Kong, noticiou a imprensa local.

Estado alemão entra para o capital do grupo Lufthansa... mas não para mandar

26-05-2020 (11h57)

O grupo alemão Lufthansa anunciou que já tem a aprovação de um apoio estatal até nove mil milhões de euros, incluindo 4,7 mil milhões em participação societária, que descreve como “silent participation”, ou seja, que não confere o direito de “mandar”, como em Portugal é exigido pelo ministro Pedro Nuno Santos em relação a um eventual apoio à TAP.

Delta adia retoma dos voos Nova Iorque JFK – Lisboa para 16 de Julho

26-05-2020 (11h52)

A Delta Air Lines, segunda maior companhia de aviação do mundo, adiou para 16 de Julho o recomeço dos seus voos entre Nova Iorque JFK e Lisboa, segundo as alterações ao calendário que efectuou na semana passada.

Egotravel põe à venda férias em Djerba com voos a partir de 2 de Agosto

26-05-2020 (11h27)

O operador turístico Egotravel anunciou ao mercado que está a vender programas de férias na ilha de Djerba, na Tunísia, com voos directos de Lisboa e do Porto entre 2 de Agosto e 4 de Outubro.

Opinião e Análise