13 aterragens e 12 partidas canceladas hoje no Aeroporto do Funchal

10-12-2013 (22h39)

O Aeroporto do Funchal soma, a esta hora, 13 chegadas e 12 partidas canceladas, num total previsto de 19 aterragens e 21 descolagens que estavam programadas, de acordo com a informação disponível no site da ANAM.

O último voo a ‘entrar’ na Madeira foi o S4 5503 da SATA Internacional procedente de Grã Canária, que aterrou às 16h58.
A última partida, por sua vez, foi também de um avião da SATA Internacional (voo S4 5503), com destino a Ponta Delgada.
A informação da ANAM tem ainda em aberto a informação relativa ao voo procedente de Lisboa TP1693 da TAP, que tem hora prevista de chegada para as 23h55.
Durante o dia de hoje, a TAP aterrou por duas vezes na Madeira, às 9h46, com o TP1609 procedente de Lisboa, e às 11h16, com o TP371 procedente de Londres - Heathrow e teve quatro chegadas canceladas, do TP1573 procedente do Porto e dos TP1627, TP1629 e TP1639 procedentes de Lisboa.
Também cancelaram aterragens na Madeira a easyJet (U2 7601 às 8h50 e U2 7605 das 20h45, ambos de Lisboa), a Primera Air (PF633 de Estocolmo), a TUIfly (X3 2830 de Hannover e X3 2806 de Frankfurt), a Germania Flug (ST3726, de Bremen), a SATA Internacional (S4 6641, de Jersey), a Norwegian (DY1784, de Oslo), e a SATA Air Açores (SP1699, de Porto Santo).
Entre os que conseguiram aterrar contou-se também o voo ST3726, da Travel Service, procedente de Varsóvia.
O primeiro voo a partir hoje do Funchal foi o TP1602 da TAP, às 5h20, e o último foi o SATA Internacional S4 5503, para Ponta Delgada.
A partir dessa hora foram cancelados os voos TAP TP372, das 18h40, e TP1664, das 21h30, ambos para Lisboa, o SATA Air Açores SP1698 para Porto Santo e o easyJet U2 7606 para Lisboa.
A primeira partida cancelada foi a do U2 7602 da easyJet para Lisboa, seguindo-se o TP1610 da TAP para Lisboa, o PF634 da Primera Air para Estocolmo, o X3 2831 da TUIfly para Hannover, o ST3727 da Germania Flug para Bremen, o DY1785 da Norwegian para Oslo, o X3 2807 da TUIfly para Frankfurt e o TP1626 da TAP para Lisboa.
Entre os que levantaram voo depois do TP1602 contam-se o S4 6640 da SATA Internacional para Jersey, às 6h58, o TP1582 da TAP para o Porto, às 7h12, o SP1690 da SATA Air Açores para Porto Santo, às 8h01, o TP1612, da TAP para Lisboa, às 11h06, o S4 5502 da SATA Internacional, às 14h00, o QS7315 da Travel Service para Varsóvia, às 14h31, e o TP1572 da TAP para o Porto, às 16h24.
O vento forte é a causa das perturbações que se estão a registar no movimento de aviões no Aeroporto do Funchal, cujo director-adjunto, Roberto Santa Clara, citado pelo “Diário de Notícias da Madeira” avançou que alguns dos voos que não se realizaram hoje foram “reprogramados para os próximos dias” e outros “ainda aguardam nos aeroportos de Porto Santo, Las Palmas ou Lanzarote a criação de condições atmosféricas que permita a sua aterragem no aeroporto da Madeira”.
A Região da Madeira está com alerta vermelho devido às previsões de vento forte e chuva intensa, sobretudo nas zonas montanhosas, e Roberto Santa Clara assinalou na zona do Aeroporto além do “vento forte” há “muita agitação marítima”.
A notícia refere ainda, citando uma informação do Governo Regional, que as previsões meteorológicas para a Madeira apontam para um prolongamento do período de chuva intensa até as 09:00 de quarta-feira, e daí que tenha sido decidido o encerramento das escolas da Região durante a manhã de amanhã.
O jornal “Público”, por sua vez, avança que a costa Sul regista “danos consideráveis” em consequência da forte ondulação, especificando que são visíveis estragos em piscinas de hotéis, na marina e nas obras de construção do novo cai de cruzeiros.
A notícia diz que também devido às condições climatéricas adversas, designadamente a ondulação forte, três navios de cruzeiros tiveram que alterar a sua programação, o Albatroz e o Aida Blue, que passam a noite no Funchal, e o MSC Harmonia que adiou para quarta-feira a chegada à Madeira.
As previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) indicam que a chuva intensa poderá prolongar-se até às 9h00 de amanhã, que são esperadas rajadas de vento que podem atingir os 130 Km/hora e que as ondas podem atingir os 5,5 metros de altura.

Ver mais em:
Mau tempo na Madeira leva ao cancelamento de 16 voos no aeroporto do Funchal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

PressTUR está a construir um novo site

14-01-2022 (15h05)

O PressTUR está a construir um novo site e espera apresentá-lo ao mercado em Março. Apresentamos as nossas desculpas pelos transtornos que esta situação possa causar. Subscreva a nossa newsletter para acompanhar as notícias e siga-nos no Facebook, LinkedIn e Twitter.

Boas festas e votos de um feliz Ano Novo

09-12-2021 (11h15)

A equipa do PressTUR deseja a todos os seus leitores, anunciantes e parceiros Boas Festas e um 2022 de recuperação e de retoma das boas notícias.

Elena Cabrera e David Santiñán são os novos representantes da Ryanair para Portugal e Espanha

07-12-2021 (11h08)

A Ryanair nomeou dois novos representantes para Portugal e Espanha, designadamente Elena Cabrera para o cargo de country manager de Marketing, RP e Comunicação e David Simón Santiñán para head of Public Affairs.

Hub and Spoke

26-11-2021 (16h26)

Poucas decisões são tão impactantes para o resultado de uma companhia aérea como as relativas à sua estrutura de rede (network structure). Mesmo que tudo o resto esteja equilibrado e bem estruturado - a organização operacional, a estrutura de capitais, a política comercial, etc. - as decisões sobre como e para onde voam podem, por si só, determinar o grau de sucesso e consequente futuro dessa companhia aérea. Essas são decisões sobre a frota, as rotas, os horários e a arquitetura do sistema em que se organizam essas rotas e horários.

Nova consultora de Liliana Conde quer ajudar a responder ao desafio do capital humano na hotelaria

25-11-2021 (14h23)

Após 35 anos de carreira em hotéis, 16 deles como directora, Liliana Conde formou-se em coaching, mentoring e gestão de felicidade nas empresas, e acaba de lançar uma consultora para colocar esse conhecimento ao serviço das empresas. Uma das vertentes, disse ao PressTUR, é elevar a formação e satisfação dos trabalhadores, que são “a chave” para a melhoria dos resultados.

Opinião e Análise