Aeroporto da Madeira só prevê para as 9h50 receber o primeiro voo de hoje

11-12-2013 (08h26)

O Aeroporto da Madeira, que desde as 16h58 de ontem não recebe qualquer avião devido às condições atmosféricas adversas que se fazem sentir na Região, designadamente o vento forte, indica no seu website que prevê ter a primeira aterragem hoje pelas 9h50, com 50 minutos de atraso em relação ao horário.

Trata-se do voo da TAP TP1573 procedente do Porto, cujo horário de chegada seria às 9h00, a que se segue o easyJet U2 7601, procedente de Lisboa, que pelo horário chegaria às 8h50 e tem hora prevista de chegada pelas 10h50.
Igualmente com indicação de hora prevista de chegada está o U2 5135, da easyJet, procedente de Londres Gatwick, para as 11h00, cinco minutos depois do horário.
Para hoje de manhã estavam ainda programadas as chegadas, pelas 9h00, do SP1691 da SATA Air Açores, procedente de Porto Santo, às 9h40 do S4 6641 da SATA Internacional, procedente de Jersey, e às 9h45 do PF633 da Primera Air, que ontem divergiu para o Porto Santo.
Seguem-se, pelo horário, três voos da TAP, o TP1609 de Lisboa, às 9h50, TP371, de Londres Heathrow, às 10h25, e TP3831, de Lisboa, às 10h45
Relativamente às partidas, o website da ANAM indica que a última ontem foi às 17h44 e que a primeira prevista para hoje, do TP1602 da TAP para Lisboa, às 5h10, foi cancelada, na sequência do cancelamento da chegada ontem do TP1693.
A informação indica que entretanto já partiu um voo, o SP1690 da SATA Air Açores para o Porto Santo, às 8h12, com um atraso de 12 minutos em relação ao horário, e que estão previstas aterragens às 10h30, do TP1610 da TAP, e às 11h20 do U2 7602 da easyJet, ambos para Lisboa.
Pelo horário a partida do voo da easyJet será às 9h20 e o TAP partiria às 9h45.
Também já com hora prevista de partida está o TP3832 da TAP para Lisboa, pelas 12h10.

Ver mais em:
13 aterragens e 12 partidas canceladas hoje no Aeroporto do Funchal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Um olhar sobre a aviação comercial perante a pandemia de covid-19

20-05-2020 (20h51)

Há pouco mais de três meses muitas das companhias aéreas do mundo debatiam-se com problemas de falta de aviões que assegurassem as suas estratégias de crescimento e melhoria da sua eficiência. Reclamavam e pediam compensações da Boeing, pelo atraso no regresso à operação do B737 Max, bem como da Airbus, pelos sucessivos atrasos na entrega de novas aeronaves. Hoje, entre muitas outras, as dificuldades passam por encontrar lugar para parquear as suas frotas e em determinar quando as irão colocar novamente nos céus. Quase ninguém quer ouvir falar em ter mais aviões.

Nunca acreditaram. Sempre falaram e… nada fizeram!...

19-05-2020 (18h00)

Uns disseram que «não haveria lei dos vouchers», claro que não, pois se «os agentes de viagens não têm voz em Portugal»…

IAG adia mudanças na gestão de topo

16-03-2020 (11h23)

O IAG, segundo maior grupo europeu de aviação, anunciou hoje o adiamento das alterações da sua gestão de topo, nomeadamente a substituição de Willie Walsh como CEO por Luis Gallego, justificando com a pandemia de covid-19 e designadamente a sua evolução em Espanha.

Minor promove Miguel Garcia a director de Operações para hotéis urbanos em Portugal

26-02-2020 (14h57)

A Minor Hotels, proprietária da rede hoteleira Tivoli, promoveu Miguel Garcia para o cargo de director regional de Operações para Urban Hotels Portugal.

Minor contrata ex-director do Bairro Alto Hotel para hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade

26-02-2020 (14h55)

A Minor Hotels contratou o ex-director do Bairro Alto Hotel, João Prista von Bonhost, para o cargo de hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade.

Opinião e Análise