Enotel Porto Galinhas já tem assegurada 90% de ocupação na época alta no Brasil

26-09-2014 (11h53)

“A esta distância podemos assegurar que está vendida cerca de 90% da lotação dos nossos dois hotéis, que totalizam 715 apartamentos”, anunciou a directora Comercial do Enotel Porto Galinhas, Regina Biondi, citada em comunicado da rede do empresário português Estêvão Neves.




O comunicado, em que também é anunciado que o projecto de expansão do empreendimento vai elevar a sua capacidade para 1.002 quartos, mais 96 do que anteriormente indicado [ Enotel vai ter em Porto Galinhas o maior complexo turístico-hoteleiro do Brasil e Enotel Porto Galinhas entre piscinas, canais e com uma praia a perder de vista (em fotos)].
O complexo turístico-hoteleiro ocupa uma área de 160 mil metros quadrados, com uma frente de mar de 450 metros, e aposta no regime tudo incluído nos dois hotéis 5-estrelas que o integram, o Enotel Convention Center, unidade inicial, e o Enotel AquaClub, que iniciou a operação em meados deste ano (para ver mais clique aqui).
“Todas as valências do empreendimento estão activas desde Julho passado”, diz o comunicado da rede hoteleira, que refere que os seus clientes são dos segmentos de lazer, “nomeadamente as famílias”, e corporate “de congressos e viagens de incentivo, segmento que encontra na unidade do Enotel de Porto de Galinhas excelentes condições para a organização dos seus eventos e das suas reuniões de trabalho”.
O comunicado refere-se neste caso ao Centro de Convenções implantado no complexo, com uma área de 4.500 metros quadrados que está a ser aumentada para 10.500 metros quadrados, “assistindo-se ao que se pode considerar como mais que a duplicação da actual lotação das instalações, o que permitirá a realização de congressos simultâneos ou funções de grupo para cerca de quatro mil pessoas ao mesmo tempo”.
Para clientes que procuram o complexo em viagens de lazer, o comunicado salienta, entre outros aspectos, a animação, para a qual conta com uma “equipa de uma centena de animadores trabalha todo o dia para que o cliente desfrute da oferta diferenciada de um resort com estas características”.
“Desde o pleno enquadramento das crianças nas suas actividades próprias e exclusivas durante o dia, até aos espectáculos musicais, depois do jantar, tudo está pensado para que o hóspede possa ter o melhor usufruto do seu tempo livre e gozar da maior satisfação”, garante a rede, que também salienta que “alguns dos espectáculos do grupo de animadores do Enotel constituem já referência partilhada por milhares nas redes sociais”.
A novidade maior, porém, é o Parque Aquático, construído numa área de 45.000 metros quadrados e aberto desde Julho.
O Parque, diz a rede já está a ser “um dos grandes atractivos do Complexo Enotel de Porto de Galinhas” e “será ainda majorado, na segunda fase da ampliação do complexo que foi projectada em 2011, tornando-se um dos mais importantes do Nordeste Brasileiro, com destaque para o seu rio lento e piscina de ondas”.
“Também no próximo ano será implantado com todas as suas valências o SPA com Centro Médico e Clínica de tratamentos faciais e corporais a laser, cuja direcção clínica e técnica será da responsabilidade do Grupo Leger, muito conceituado no Brasil, o que, naturalmente, irá acrescentar valor à oferta da cadeia Enotel”, refere ainda o comunicado.

Continua em:
Enotel aposta em modernização na Madeira. Santo da Serra será “resort dedicado ao golfe”

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Um olhar sobre a aviação comercial perante a pandemia de covid-19

20-05-2020 (20h51)

Há pouco mais de três meses muitas das companhias aéreas do mundo debatiam-se com problemas de falta de aviões que assegurassem as suas estratégias de crescimento e melhoria da sua eficiência. Reclamavam e pediam compensações da Boeing, pelo atraso no regresso à operação do B737 Max, bem como da Airbus, pelos sucessivos atrasos na entrega de novas aeronaves. Hoje, entre muitas outras, as dificuldades passam por encontrar lugar para parquear as suas frotas e em determinar quando as irão colocar novamente nos céus. Quase ninguém quer ouvir falar em ter mais aviões.

Nunca acreditaram. Sempre falaram e… nada fizeram!...

19-05-2020 (18h00)

Uns disseram que «não haveria lei dos vouchers», claro que não, pois se «os agentes de viagens não têm voz em Portugal»…

IAG adia mudanças na gestão de topo

16-03-2020 (11h23)

O IAG, segundo maior grupo europeu de aviação, anunciou hoje o adiamento das alterações da sua gestão de topo, nomeadamente a substituição de Willie Walsh como CEO por Luis Gallego, justificando com a pandemia de covid-19 e designadamente a sua evolução em Espanha.

Minor promove Miguel Garcia a director de Operações para hotéis urbanos em Portugal

26-02-2020 (14h57)

A Minor Hotels, proprietária da rede hoteleira Tivoli, promoveu Miguel Garcia para o cargo de director regional de Operações para Urban Hotels Portugal.

Minor contrata ex-director do Bairro Alto Hotel para hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade

26-02-2020 (14h55)

A Minor Hotels contratou o ex-director do Bairro Alto Hotel, João Prista von Bonhost, para o cargo de hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade.

Opinião e Análise