No futuro próximo existirão quatro/cinco marcas que venderão férias aos portugueses

01-06-2005 (10h14)

Entrevista Timóteo Gonçalves

”Num máximo de cinco anos, existirão quatro ou cinco marcas que venderão férias aos portugueses” e a Halcon Viagens, subsidiária da Globalia, um dos maiores grupos espanhóis do turismo, quer ser uma delas, afirma Timóteo Gonçalves, director-geral da empresa Portugal, para quem a selecção se vai fazer “muito mais do lado do produto do que propriamente do lado do número de portas abertas”.

Em entrevista ao presstur.com, Timóteo Gonçalves explica que vai ser assim porque neste sector “quem marca a pauta são os consumidores”. Crítico de algumas práticas comerciais que classifica como “um engano” e declaradamente anti-descontos, Timóteo Gonçalves salienta que, se a Halcon, apesar de estar em Portugal apenas desde 1999, há quatro anos é apontada no European Trusted Brands das Selecções do Reader’s Digest como a segunda marca em que os portugueses mais confiam isso é pela sua postura, assente na venda de “férias dignas, com uma qualidade perfeitamente definida e aceitável a um preço muito competitivo” e na diferenciação pela venda de produto exclusivo.

Ver mais em:
Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Portugal será “um hub” da expansão do Minor Hotel Group na Europa

02-02-2016 (18h52)

"Acho que Portugal vai tornar-se um hub europeu na continuação da nossa expansão na Europa", afirmou ao PressTUR o CEO do Minor Hotel Group, Dillip Rajakarier, sublinhando que os seus planos passam por tornar a Tivoli numa marca global e por trazer para Portugal outras marcas do grupo.

É preciso que haja coragem para rever as leis de ordenamento do território

19-06-2006 (15h29)

“Enquanto não houver coragem de mexer na Rede Natura, na Reserva Ecológica e na Reserva Agrícola” muitos projectos turísticos de qualidade, nomeadamente no interior algarvio, vão permanecer parados, e a pressão vai continuar a exercer-se sobre o litoral, advertiu o presidente da Região de Turismo do Algarve, Hélder Martins, que em declarações ao PressTUR afirmou estar indignado com o chumbo do empreendimento turístico de Corte Velho, no concelho de Castro Marim, pelo secretário de Estado do Ambiente.

RTA defende nova legislação para enquadrar camas paralelas

19-06-2006 (15h28)

A Região de Turismo do Algarve defende que a nova lei dos empreendimentos turísticos deveria prever a figura do alojamento particular que permita enquadrar essa oferta, porque a actual legislação, de 1997, não permite a sua legalização e enquadramento.

Projectos Algarvios candidatos ao QCA

19-06-2006 (15h21)

O Centro Oceanográfico de Sagres, a requalificação das ilhas da Ria Formosa e o Pavilhão Multiusos do Algarve são os “três projectos públicos emblemáticos na área do turismo”, eventualmente candidatáveis a financiamento do próximo Quadro Comunitário de Apoio, anunciou ao PressTUR o presidente da RTA, Hélder Martins.

Revisão do PROTAL deve acautelar projectos que aguardam aprovação

19-06-2006 (15h18)

A revisão do PROTAL - Plano Regional de Ordenamento do Território do Algarve deve acautelar os projectos que aguardam aprovação, defende o presidente da RTA, que, além disso, preconiza a adopção de “restrições no litoral, de acordo com o que já está aprovado no Plano de Ordenamento da Orla Costeira, e no aumento do perímetro urbano”.

Opinião e Análise