Festival Rota do Oriente presta homenagem às ligações entre Ocidente e Oriente

31-10-2013 (16h25)

De 14 a 21 de Novembro no Museu do Oriente

O Museu do Oriente vai organizar, de 14 a 21 de Novembro, o Festival Rota do Oriente, que anuncia como “um evento intercultural em que a dança, a música, a cultura e a história se fundem numa homenagem às ligações ancestrais entre o Ocidente e o Oriente”.



O evento, que inclui apresentações alusivas à cultura dos diversos países participantes, designadamente China, Índia, Indonésia, Japão, Qatar e Portugal, marca também o encerramento das comemorações dos 25 anos da Fundação Oriente.
Uma nota do Museu do Oriente explica que a Rota do Oriente é assente numa narrativa de carácter simbólico que compreende uma série de espectáculos, workshops, mostras gastronómicas e visitas guiadas a núcleos do museu.
O festival tem a direcção artística de César Augusto Moniz e a direcção musical da percussionista Elizabeth Davis.
Entre os diversos momentos que compõem o festival destaca-se o concerto chinês de flauta, pipa e hulusi, a 14 de Novembro, dia dedicado à China, no qual também haverá um workshop de gastronomia chinesa e uma visita orientada sobre a arte da caligrafia chinesa.
No dia seguinte, consagrado ao Japão, haverá, entre outras iniciativas, um espectáculo de taiko ou tambores japoneses, uma oficina de origami e um workshop de sushi.
O Qatar estará em evidência a 16 de Novembro, destacando-se um espectáculo de música e dança tradicional do País, que se repetirá no dia seguinte. No dia do Qatar haverá ainda workshops e oficina sobre a gastronomia do Qatar, tapeçaria e pinturas com Henna.
No dia 18 de Novembro será a vez da Índia. Nesta data haverá um espectáculo de música instrumental e canto indiano, um workshop de gastronomia indiana, entre outras iniciativas.
A 20 de Novembro, a Indonésia trará uma noite de música e dança tradicional e uma demonstração do teatro de sombras Wayang Kulit.
O concerto de encerramento acontece a 21 de Novembro e é dedicado às viagens exóticas de Portugal ao Oriente.
Todas estas iniciativas têm lugar às 21h30 no Auditório do Museu.

Museu do Oriente  
Lisboa & Vale do Tejo 
Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Um olhar sobre a aviação comercial perante a pandemia de covid-19

20-05-2020 (20h51)

Há pouco mais de três meses muitas das companhias aéreas do mundo debatiam-se com problemas de falta de aviões que assegurassem as suas estratégias de crescimento e melhoria da sua eficiência. Reclamavam e pediam compensações da Boeing, pelo atraso no regresso à operação do B737 Max, bem como da Airbus, pelos sucessivos atrasos na entrega de novas aeronaves. Hoje, entre muitas outras, as dificuldades passam por encontrar lugar para parquear as suas frotas e em determinar quando as irão colocar novamente nos céus. Quase ninguém quer ouvir falar em ter mais aviões.

Nunca acreditaram. Sempre falaram e… nada fizeram!...

19-05-2020 (18h00)

Uns disseram que «não haveria lei dos vouchers», claro que não, pois se «os agentes de viagens não têm voz em Portugal»…

IAG adia mudanças na gestão de topo

16-03-2020 (11h23)

O IAG, segundo maior grupo europeu de aviação, anunciou hoje o adiamento das alterações da sua gestão de topo, nomeadamente a substituição de Willie Walsh como CEO por Luis Gallego, justificando com a pandemia de covid-19 e designadamente a sua evolução em Espanha.

Minor promove Miguel Garcia a director de Operações para hotéis urbanos em Portugal

26-02-2020 (14h57)

A Minor Hotels, proprietária da rede hoteleira Tivoli, promoveu Miguel Garcia para o cargo de director regional de Operações para Urban Hotels Portugal.

Minor contrata ex-director do Bairro Alto Hotel para hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade

26-02-2020 (14h55)

A Minor Hotels contratou o ex-director do Bairro Alto Hotel, João Prista von Bonhost, para o cargo de hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade.

Opinião e Análise