Four Seasons Hotel Ritz Lisboa propõe Natal e réveillon gourmet

02-12-2014 (12h40)

O Four Seasons Hotel Ritz Lisboa está a promover ementas gourmet para o Natal e o fim de ano, incluindo os tradicionais pratos de bacalhau e cabrito com algumas inovações a degustar, como as vieiras assadas com lagosta azul e vegetais crocantes.



Para a Ceia de Natal, a sugestão é o tradicional bacalhau e cabrito, foie gras de pato, crocante de chocolate e abóbora, vieiras assadas com lagosta azul e vegetais crocantes, e uma sobremesa especial, esfera de chocolate Araguani com framboesas e hibisco.
O brunch de Natal também vai contar com um menu gourmet que inclui, entre outros, espargos verdes grelhados com presunto de Parma, ostras, ceviche de lulas e sobremesas tradicionais às quais se junta o “signature mille-feuilles”.
Para o réveillon, o chef executivo Pascal Meynard vai preprar um menu que inclui lasanha de lagostim com pimenta Timur do Nepal com vegetais aromatizados com gengibre e lima, bife Galego com espargos brancos glaceados acompanhado de abóbora e batatas confitadas, e redução de beterraba com vinagre balsâmico de 30 anos, antes da sobremesa, chocolate gianduja com lima caramelizada com ananás e sorbet de coentros e pinã colada.
No seguimento do jantar o entretenimento ficará a cargo de “um dos melhores DJs de Lisboa”. Os convidados também vão ter acesso a um lugar privilegiado que oferece uma “perspectiva única da Cidade das Sete Colinas” para desfrutar do fogo-de-artifício.
O réveillon no Four Seasons Hotel Ritz Lisboa também inclui um cocktail no lounge Almada Negreiros das 20h às 21h com acompanhamento musical por parte de um pianista.
O hotel salienta ainda que serviço de baby-sitting e refeições especiais podem ser organizadas se requeridas com sete dias de trabalho de antecedência.
No dia seguinte, haverá brunch de Ano Novo no salão do hotel com cherne condimentado com baunilha e pinhões, bok choy com algas dashi e gnocchi vongolle com citrinus e tomates frescos, e vitela com sálvia e molho de presunto, com tian de vegetais com óleo de majericão, batata Pont-Neuf com tomilho.
O Four Seasons Hotel Ritz Lisboa também tem um pacote especial para o mês de Dezembro com tarifas a começar nos 283 euros por noite com oferta de uma noite para cada duas consecutivas e transfer em limousine a partir do aeroporto para hóspedes alojados em suite. Esta promoção está disponível para as tipologias deluxe room e Four Seasons junior suite.

Lisboa  
Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Marriott apresenta novo director-geral do Penha Longo Resort

11-08-2020 (13h45)

A Marriott International, maior rede hoteleira do mundo, designou o britânico Oliver Key, “com mais de 25 anos de experiência nalguns dos melhores hotéis no Reino Unido, Estados Unidos da América, Emirados Árabes Unidos e Indonésia”, para dirigir o seu resort 5-estrelas em Portugal, o Penha Longo, da marca Ritz Carlton.

Ávoris promove Johan Tyren para liderar operadores turísticos

23-07-2020 (10h17)

O Grupo Ávoris, que em Portugal tem o operador turístico Jolidey e as agências B the Travel Brand, entre outras marcas, promoveu Johan Tyren para liderar a área de operação turística, após as saídas de Enric Riera, José Segura e Fernando Sánchez Doctor.

Pedro Oliveira nomeado director financeiro do IHG para a Península Ibérica

21-07-2020 (12h51)

Pedro Oliveira, que conta sete anos como funcionário do InterContinental Hotels Group, foi promovido a area director of finance and business support para a região da Península Ibérica.

Um olhar sobre a aviação comercial perante a pandemia de covid-19

20-05-2020 (20h51)

Há pouco mais de três meses muitas das companhias aéreas do mundo debatiam-se com problemas de falta de aviões que assegurassem as suas estratégias de crescimento e melhoria da sua eficiência. Reclamavam e pediam compensações da Boeing, pelo atraso no regresso à operação do B737 Max, bem como da Airbus, pelos sucessivos atrasos na entrega de novas aeronaves. Hoje, entre muitas outras, as dificuldades passam por encontrar lugar para parquear as suas frotas e em determinar quando as irão colocar novamente nos céus. Quase ninguém quer ouvir falar em ter mais aviões.

Nunca acreditaram. Sempre falaram e… nada fizeram!...

19-05-2020 (18h00)

Uns disseram que «não haveria lei dos vouchers», claro que não, pois se «os agentes de viagens não têm voz em Portugal»…

Opinião e Análise