IHG expande marca Indigo para Paris e avança para terceiro Holiday Inn em Roma

29-07-2013 (09h46)

Abre primeiro Holiday Inn Express em Singapura

O IHG (InterContinental Hotels Group) anunciou a expansão da sua marca Indigo a Paris, França, onde vai abrir uma unidade ao pé da Opera Garnier, bem como a abertura do seu terceiro Holiday Inn em Roma e do primeiro Holiday Inn Express em Singapura.

O primeiro Hotel Indigo em Paris, o Indigo Paris-Opera vai situar-se a pouca distância do InterContinental Patis Le Grand, e vai contar com 57 quartos e apresentar uma decoração que vai espelar a arquitectura clássica e o design de interiores pelos quais Paris é famosa. O hotel vai dispor também bar e restaurante, internet sem fios em todo o hotel, serviço de quarto 24 horas e centro de fitness.
Com abertura prevista para 2014, este será o primeiro hotel Indigo que o IHG vai gerir. Desde 31 de Março deste ano, a marca Indigo conta com 11 hotéis na Europa e tem outros 14 em carteira, que têm abertura prevista nos próximos três a cinco anos.
No último trimestre deste ano, o IHG tem prevista a abertura do terceiro Holiday Inn em Roma, o Holiday Inn Rome – Pisana, depois da conversão do hotel actual aos standards do IHG. O hotel situa-se entre o centro de Roma e o aeroporto de Roma Fiumicino, conta com 229 quartos, dois restaurantes e um lounge bar, internet sem fios em todo o hotel e sete salas equipadas com tecnologias audio-visual.
No passado dia 17 de Julho, o IHG estreou a marca Holiday Inn Express em Singapura, com a abertura do Holiday Inn Express Singapore Orchard Road, o primeiro dos dois hotéis da marca que o grupo tem planeado para o país.
O hotel está a uma distância a pé acessível de centros comerciais como o ION Orchard e o Ngee Ann City, e dispõe de 221 quartos, internet sem fios grátis em todo o hotel, quartos com escolha de almofadas, self-service business centre e lavandaria. A partir do primeiro trimestre do próximo ano, o IHG prevê abrir o Holiday Inn Express Singapore Clarke Quay, que será o quarto hotel da marca no sudeste asiático, juntamente com os dois hotéis na Tailândia.
Nos próximos cinco anos, o grupo prevê abrir 17 hotéis no sudeste asiático, dos quais dois na Tailândia, 12 na Indonésia, um em Singapura e dois na Malásia.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ávoris promove Johan Tyren para liderar operadores turísticos

23-07-2020 (10h17)

O Grupo Ávoris, que em Portugal tem o operador turístico Jolidey e as agências B the Travel Brand, entre outras marcas, promoveu Johan Tyren para liderar a área de operação turística, após as saídas de Enric Riera, José Segura e Fernando Sánchez Doctor.

Pedro Oliveira nomeado director financeiro do IHG para a Península Ibérica

21-07-2020 (12h51)

Pedro Oliveira, que conta sete anos como funcionário do InterContinental Hotels Group, foi promovido a area director of finance and business support para a região da Península Ibérica.

Um olhar sobre a aviação comercial perante a pandemia de covid-19

20-05-2020 (20h51)

Há pouco mais de três meses muitas das companhias aéreas do mundo debatiam-se com problemas de falta de aviões que assegurassem as suas estratégias de crescimento e melhoria da sua eficiência. Reclamavam e pediam compensações da Boeing, pelo atraso no regresso à operação do B737 Max, bem como da Airbus, pelos sucessivos atrasos na entrega de novas aeronaves. Hoje, entre muitas outras, as dificuldades passam por encontrar lugar para parquear as suas frotas e em determinar quando as irão colocar novamente nos céus. Quase ninguém quer ouvir falar em ter mais aviões.

Nunca acreditaram. Sempre falaram e… nada fizeram!...

19-05-2020 (18h00)

Uns disseram que «não haveria lei dos vouchers», claro que não, pois se «os agentes de viagens não têm voz em Portugal»…

IAG adia mudanças na gestão de topo

16-03-2020 (11h23)

O IAG, segundo maior grupo europeu de aviação, anunciou hoje o adiamento das alterações da sua gestão de topo, nomeadamente a substituição de Willie Walsh como CEO por Luis Gallego, justificando com a pandemia de covid-19 e designadamente a sua evolução em Espanha.

Opinião e Análise