MSC lança catálogo de "partidas seleccionadas" para o Verão

25-02-2014 (11h24)

14 partidas ou chegadas a Lisboa

A MSC Cruzeiros lançou um catálogo com 42 cruzeiros para o Verão de 2014, 14 dos quais com chegada ou partida de Lisboa, e itinerários pelo Mediterrâneo e o Norte da Europa.

O catálogo indica que os cruzeiros com partidas e chegadas a Lisboa são feitos a bordo do MSC Poesia, do MSC Orchestra e o MSC Opera.
Os cruzeiros a bordo do MSC Poesia incluem os itinerários:
  1. “Riquezas Outonais 1 / 2”: Lisboa, Gibraltar, Barcelona, Marselha, Génova, Málaga, Casabalanca, Lisboa – 10 noites, partida 19 de Setembro.
  2. “Rumo ao Exotismo Puro”: Génova, Málaga, Casablanca, Lisboa – cinco noites, partida 24 de Setembro.
  3. “Riquezas Outonais 3”: Lisboa, Barcelona, Marselha, Génova, Málaga, Casablanca, Lisboa, 9 noites, partidas 29 de Setembro, 8, 17, 26 de Outubro, 4 Novembro.
  4. “O melhor do Mediterrâneo Ocidental”: Lisboa, Barcelona, Marselha, Génova, Málaga, Casablanca e Lisboa, nove noites, partidas a 29 de Setembro, 8, 17 e 26 de Outubo, 4 de Novembro.
  5. “Do Ocidente Histórico à Herança Mediterrânica”: Lisboa, Barcelona, Marselha, Génova – quatro noites, partida 13 de Novembro.
  6. “Do Norte ao Sul do Velho Continente”: Warnemunde, Zeebrugge, A Corunha, Espanha, Lisboa – 5 noites, partida 14 de Setembro.
  7. “Exploradores da Gastronomia Mediterrâneo”: Lisboa, Gibraltar, Barcelona, Marselha, Génova – cinco noites, partida 19 Setembro.

MSC Orchestra:
  1. “As Jóias do Mar de Norte”: Kiel, Copenhaga, Southampton, Vigo e Lisboa – seis noites, 6 de Setembro.
  2. “Um Mediterrâneo mais exótico”: Lisboa, Palma de Maiorca, La Valetta, Dubrovnik, Veneza - sete noites, 12 Setembro.
  3. “À Descoberta da Costa Atlântica”: Southampton, IJmuiden, St. Peter Port, Vigo, Lisboa, cinco noites, partida 9 de Julho.

MSC Opera:
  1. “Às Jóias Atlânticas”: Lisboa, Bilbau, Le Havre, Southampton, IJmuiden, St. Peter Port, Vigo, Lisboa, 10 noites, partidas 14, 24 de Julho, 3, 13 e 23 de Agosto e 2, 12, 22 de Setembro.
  2. “Pelos Caminhos do Golfo e do Canal”: Lisboa, Bilbau, Le Havre, Southampton, cinco noites, partida 2 de Outubro.
  3. “Europa Medieval Majestosa” Lisboa, Bilbau, Le Havre, Southampton, Ilmuiden, St Peter Port, Vigo e Lisboa, 10 noites, partidas 14, 24 de Julho, 3, 13, 23 de Agosto e 2, 12, 22 Setembro.

A 22 de Novembro, o MSC Poesia vai realizar uma Grand Voyage, de Lisboa para Santos, num cruzeiro de 14 noites com escala no Funchal e já em terras brasileiras em Recife, Maceió, Salvador, Buzios e Rio de Janeiro, antes de chegar a Santos ( “Antevisão” dos cruzeiros MSC no Inverno 2014/15 inclui travessia atlântica Lisboa - Santos (Brasil))

Para aceder ao catálogo da MSC Cruises, clique aqui

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Willie Walsh será o novo director-geral da IATA a partir de 1 de Abril

24-11-2020 (17h10)

O irlandês Willie Walsh, ex-CEO do IAG, vai substituir Alexandre de Juniac como director-geral da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) a 1 de Abril de 2021.

Grupo Lufthansa muda lideranças na Swiss, Brussels e Lufthansa Cargo

20-11-2020 (17h39)

O Grupo Lufhtansa nomeou novos chief executive officers (CEO) para as suas subsidiárias Swiss, Brussels e Lufthansa Cargo.

Airmet promove Luís Henriques a director-geral

20-11-2020 (10h56)

Luís Henriques, que integrou este ano o grupo de gestão de agências de viagens Airmet como director-geral Comercial, assumiu esta segunda-feira, dia 16, o cargo de director-geral do grupo.

easyJet promove Javier Gándara a director para o Sul da Europa

07-10-2020 (15h01)

A companhia aérea easyJet promoveu o seu actual responsável pelo mercado de Portugal e Espanha, Javier Gándara, para director-geral para o Sul da Europa.

TAP explica finalmente saída da família Pedrosa da administração da TAP, SA

02-10-2020 (18h26)

A Administração da TAP explicou hoje ao pessoal que a saída de Humberto Pedrosa e David Pedrosa do Conselho de Administração da TAP, SA deve-se a terem passado a ser apenas accionistas da holding TAP SGPS, de que a empresa de aviação é subsidiária, e ‘formaliza’ a saída de David Neeleman.

Opinião e Análise