Novo Sofitel Agadir Thalassa Sea & Spa aposta no bem-estar

26-04-2012 (11h13)

A Sofitel, marca de hotelaria de luxo do grupo Accor, abriu o seu segundo hotel em Agadir, Marrocos, o Sofitel Agadir Thalassa Sea & Spa, descrito como “uma nova referência de bem-estar em Marrocos”, cuja concepção “inspira serenidade e encoraja a descontração”.

O novo empreendimento, o segundo Sofitel na região, encontra-se a cerca de “três horas de voo de distância a partir das maiores capitais europeias”, na “cidade do Sol”, ou “Pérola do Sul”, cuja baía está “classificada como uma das mais bonitas do Mundo”, diz a Accor, que destaca os “benefícios do Atlântico, a luz excepcional e o clima ameno ao longo do ano”, que contribuem para as “condições perfeitas” para umas férias de talassoterapia.
Além de Agadir, outros destinos próximos que podem ser visitados são Taroudant e Tafraoute, o Parque Nacional de Souss Massa, a Accor aconselha a conhecer o mel de Marrocos, as suas amendoeiras e os trilhos de árvores de Argan.
Desenhado pelo arquitecto marroquino Jamal Lamiri Alaoui e o designer francês de interiores, Didier Rey, o hotel apresenta os esforços combinados de ambos os criadores, a nível de “conhecimento, cultura e inspirações pessoais para homenagearem a cultural marroquina”.
O Sofitel Agadir Thalassa sea & spa dispõe de 125 quartos e 49 suites, cada uma com o seu pátio privado, com vista para o mar, e uma vista privilegiada sobre a baía de Agadir e os vestígios do antigo Kasbah.
O destaque do hotel vai para o instituto de talassoterapia, separado do mar por uma estreita camada de areia, e inserido no hotel. Com uma decoração em tons brancos, a área é totalmente dedicada a “descansar e repor corpo e mente numa atmosfera “detox””, com programas que incluem consultas com um naturopata, ou um treinador pessoal que com programas personalizados de fitness.
Os tratamentos são inspirados na tradição marroquina para despertar os sentidos e re-energizar corpo e mente, com massagens, curso terapêutico de águas e combinando as mais-valias do mar e da terra e utilizando produtos locais como o óleo de argan, figos, água de flor de laranjeira, água de rosas, mel, entre outros.
Ao todo, o instituto dispõe de 16 cabines, que conduzem à praia ou aos jardins do hotel. No spa, os clientes vão encontrar ainda exercícios como nadar contra a corrente, aqua fitness, sessões aqua-bike, e exercícios aeróbicos step.
Além dos tratamentos, o hotel oferece ainda uma diversa oferta chás de ervas frios e quentes e sumos de fruto.
A oferta de restauração também é inspirada no bem-estar e produtos locais, com pratos tradicionais marroquinos, com novas versões. O hotel dispõe de três restaurantes, incluindo um restaurante gastronómico Le Palais du Jardin onde o mote é “comer bem para viver bem”, e que apresenta produtos frescos criados no jardim do hotel, ou em quintas da região, e que minimiza a utilização de óleos e gorduras. Os menus são concebidos com a colaboração de um naturopata e um dietista.
Com vista para o oceano, nos jardins, está o Le Market, com produtos frescos da estação e junto à piscina o l’Atlantique, serve uma cozinha simples, com particular ênfase no peixe fresco.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Um olhar sobre a aviação comercial perante a pandemia de covid-19

20-05-2020 (20h51)

Há pouco mais de três meses muitas das companhias aéreas do mundo debatiam-se com problemas de falta de aviões que assegurassem as suas estratégias de crescimento e melhoria da sua eficiência. Reclamavam e pediam compensações da Boeing, pelo atraso no regresso à operação do B737 Max, bem como da Airbus, pelos sucessivos atrasos na entrega de novas aeronaves. Hoje, entre muitas outras, as dificuldades passam por encontrar lugar para parquear as suas frotas e em determinar quando as irão colocar novamente nos céus. Quase ninguém quer ouvir falar em ter mais aviões.

Nunca acreditaram. Sempre falaram e… nada fizeram!...

19-05-2020 (18h00)

Uns disseram que «não haveria lei dos vouchers», claro que não, pois se «os agentes de viagens não têm voz em Portugal»…

IAG adia mudanças na gestão de topo

16-03-2020 (11h23)

O IAG, segundo maior grupo europeu de aviação, anunciou hoje o adiamento das alterações da sua gestão de topo, nomeadamente a substituição de Willie Walsh como CEO por Luis Gallego, justificando com a pandemia de covid-19 e designadamente a sua evolução em Espanha.

Minor promove Miguel Garcia a director de Operações para hotéis urbanos em Portugal

26-02-2020 (14h57)

A Minor Hotels, proprietária da rede hoteleira Tivoli, promoveu Miguel Garcia para o cargo de director regional de Operações para Urban Hotels Portugal.

Minor contrata ex-director do Bairro Alto Hotel para hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade

26-02-2020 (14h55)

A Minor Hotels contratou o ex-director do Bairro Alto Hotel, João Prista von Bonhost, para o cargo de hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade.

Opinião e Análise