Oásis of the Seas estreia-se no Mediterrâneo com quatro cruzeiros em 2014

27-03-2013 (12h49)

O maior navio do mundo, o Oasis of the Seas, da Royal Caribbean International, vai estrear-se na Europa com quatro cruzeiros pelo Mediterrâneo no Outono de 2014.

O navio, que oferece 2.700 camarotes, navega, desde que entrou em operação em Novembro de 2009, pelas Caraíbas e vem à Europa para uma manutenção que será feita em Roterdão, aproveitando a companhia norte-americana para dar a conhecer o gigante aos clientes europeus, sobretudo depois de ter encomendado um terceiro navio da mesma classe aos estaleiros STX France, de Saint-Nazaire.

Os clientes poderão descobrir os "bairros" a bordo do Oasis como o Central Park, o Boardwalk, o Royal Promenade, bem como os dedicados às piscinas, à diversão e entretenimento, fazer uma refeição entre os 20 restaurantes a bordo, entre muitas outras actividades.

O Oasis of the Seas deixará a Florida a 1 de Setembro de 2014 para um transatlântico de 12 dias que o leva até Barcelona. Dali zarpará para realizar dois cruzeiros de cinco noites no Mediterrâneo, cujo itinerário não foi ainda confirmado pelo armador, embora indique escalas em Espanha e Itália.

No final de Setembro o Oasis zarpa de Barcelona para Roterdão, num itinerário de sete noites, onde irá ficar 15 dias em doca seca no porto de Képpel Verolme. O transatlântico de regresso às Caraíbas está programado para 14 de Outubro, saindo de Roterdão com possibilidade de embarques em Southampton a 15 de Outubro. As vendas para estes cruzeiros serão abertas a 11 de Abril de acordo com o indicado no site norte-americano da companhia.


RCI

Oasis of the Seas

Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Um olhar sobre a aviação comercial perante a pandemia de covid-19

20-05-2020 (20h51)

Há pouco mais de três meses muitas das companhias aéreas do mundo debatiam-se com problemas de falta de aviões que assegurassem as suas estratégias de crescimento e melhoria da sua eficiência. Reclamavam e pediam compensações da Boeing, pelo atraso no regresso à operação do B737 Max, bem como da Airbus, pelos sucessivos atrasos na entrega de novas aeronaves. Hoje, entre muitas outras, as dificuldades passam por encontrar lugar para parquear as suas frotas e em determinar quando as irão colocar novamente nos céus. Quase ninguém quer ouvir falar em ter mais aviões.

Nunca acreditaram. Sempre falaram e… nada fizeram!...

19-05-2020 (18h00)

Uns disseram que «não haveria lei dos vouchers», claro que não, pois se «os agentes de viagens não têm voz em Portugal»…

IAG adia mudanças na gestão de topo

16-03-2020 (11h23)

O IAG, segundo maior grupo europeu de aviação, anunciou hoje o adiamento das alterações da sua gestão de topo, nomeadamente a substituição de Willie Walsh como CEO por Luis Gallego, justificando com a pandemia de covid-19 e designadamente a sua evolução em Espanha.

Minor promove Miguel Garcia a director de Operações para hotéis urbanos em Portugal

26-02-2020 (14h57)

A Minor Hotels, proprietária da rede hoteleira Tivoli, promoveu Miguel Garcia para o cargo de director regional de Operações para Urban Hotels Portugal.

Minor contrata ex-director do Bairro Alto Hotel para hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade

26-02-2020 (14h55)

A Minor Hotels contratou o ex-director do Bairro Alto Hotel, João Prista von Bonhost, para o cargo de hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade.

Opinião e Análise