Portugália Cervejaria 'volta' aos anos 20 para celebrar 90º aniversário

20-05-2015 (18h53)

A Portugália Cervejaria vai celebrar 90 anos de existência no próximo dia 10 de Junho, mas já iniciou as celebrações com um evento temático dos anos 20 para colaboradores, parceiros e representantes de instituições.




O evento decorreu na terça-feira na Portugália Cervejaria, onde os convidados foram recebidos por personagens dos anos 20, entre eles um ‘fotógrafo à la minute’, e com música, dança e animação ao sabor dos seus petiscos e da sua cerveja.
A Portugália Cervejaria foi inaugurada no dia 10 de Junho de 1925, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, junto à Fábrica de Cerveja Portugália, para os clientes que aguardavam o enchimento dos barris terem oportunidade de conviver, beber cerveja avulso e petiscar.
Hoje em dia, a marca Portugália Restauração é uma cadeia de cervejarias com 11 estabelecimentos Portugália Cervejaria em Portugal, uma Portugália Cervejaria em Macau, 14 Portugália Cervejaria Balcão e conta também com as marcas Brasserie de L’Entrecôte, Cervejaria Ribadouro e Cervejaria Trindade.
A Brasserie de L’Entrecôte, que tem origem no Café de Paris na Suíça, serve um menu único com base no entrecôte com um molho especial de 18 ingredientes. A marca conta com seis espaços nas Amoreiras, Foz do Douro, Marina de Cascais, Parque das Nações, Campo Pequeno e Chiado.
A Cervejaria Ribadouro que era conhecida como a Tradicional Cervejaria e Marisqueira Lisboeta à porta do Parque Mayer foi inaugurada pelo Grupo Portugália Restauração em 1947.
A Cervejaria Trindade, por sua vez, que integrou o grupo em 2007, é a mais antiga cervejaria portuguesa e é considerada Património Cultural da Cidade de Lisboa desde 1986 e Património de Relevante Valor Histórico-Cultural pela Direcção Geral do Turismo desde 1997 e detém ainda uma medalha de Mérito Turístico no grau ‘prata’ atribuída pela Secretaria de Estado do Turismo devido à contribuição para o turismo português.
O Grupo Portugália conta com 700 colaboradores e no ano de 2014 facturou cerca de 29 milhões de euros.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Um olhar sobre a aviação comercial perante a pandemia de covid-19

20-05-2020 (20h51)

Há pouco mais de três meses muitas das companhias aéreas do mundo debatiam-se com problemas de falta de aviões que assegurassem as suas estratégias de crescimento e melhoria da sua eficiência. Reclamavam e pediam compensações da Boeing, pelo atraso no regresso à operação do B737 Max, bem como da Airbus, pelos sucessivos atrasos na entrega de novas aeronaves. Hoje, entre muitas outras, as dificuldades passam por encontrar lugar para parquear as suas frotas e em determinar quando as irão colocar novamente nos céus. Quase ninguém quer ouvir falar em ter mais aviões.

Nunca acreditaram. Sempre falaram e… nada fizeram!...

19-05-2020 (18h00)

Uns disseram que «não haveria lei dos vouchers», claro que não, pois se «os agentes de viagens não têm voz em Portugal»…

IAG adia mudanças na gestão de topo

16-03-2020 (11h23)

O IAG, segundo maior grupo europeu de aviação, anunciou hoje o adiamento das alterações da sua gestão de topo, nomeadamente a substituição de Willie Walsh como CEO por Luis Gallego, justificando com a pandemia de covid-19 e designadamente a sua evolução em Espanha.

Minor promove Miguel Garcia a director de Operações para hotéis urbanos em Portugal

26-02-2020 (14h57)

A Minor Hotels, proprietária da rede hoteleira Tivoli, promoveu Miguel Garcia para o cargo de director regional de Operações para Urban Hotels Portugal.

Minor contrata ex-director do Bairro Alto Hotel para hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade

26-02-2020 (14h55)

A Minor Hotels contratou o ex-director do Bairro Alto Hotel, João Prista von Bonhost, para o cargo de hotel manager do Tivoli Avenida Liberdade.

Opinião e Análise