Aeroportos da Vinci tiveram quebra de 96,4% dos passageiros no segundo trimestre

21-07-2020 (16h59)

A companhia francesa Vinci Airports, que em Portugal ganhou a gestão dos dez aeroportos da ANA, indicou que no segundo trimestre teve uma quebra de passageiros de 96,4% nos 45 aeroportos de que é concessionária, com a quebra em Portugal a situar-se em 97,5%.

A informação indica que a quebra mais forte foi registada no Reino Unido, onde é a concessionária dos aeroportos de Londres Gatwick e de Belfast, com um decréscimo em 99,6%, seguindo-se França, onde gere nove aeroportos, com decréscimo em 98,7%.

Portugal, maior mercado em número de passageiros, em tempos de pandemia foi ultrapassado pelo Japão, onde os três aeroportos da Vinci somaram 843 mil passageiros, enquanto em Portugal foram 409 mil.

Para o conjunto do primeiro semestre, a Vinci informou ter registado uma quebra de passageiros nos 45 aeroportos sob sua gestão de 61,4%, para 47,67 milhões.

A quebra média nos aeroportos em Portugal foi de 64,6% ficando em 9,73 milhões de passageiros, que mantém Portugal como o maior mercado da Vinci, imediatamente acima do Japão, com 9,51 milhões (quebra de 62,8%), Reino Unido, com 8,57 milhões (-66,1%), e Chile, onde tem apenas o aeroporto da capital, com 6,38 milhões (-49,2%).

 

Clique para mais notícias: Vinci

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo aprova alteração do apoio extraordinário à retoma progressiva de atividade de empresas em crise

27-11-2020 (16h04)

O Governo aprovou hoje em Conselho de Ministros uma alteração ao apoio extraordinário relativo à retoma progressiva das empresas, permitindo que em Dezembro possam passar para o escalão de apoio imediatamente seguinte ao de limite de facturação pelo qual seriam abrangidos pelo regime actualmente vigente.

Portugal atinge novo máximo de doentes covid-19 em cuidados intensivos

27-11-2020 (15h51)

Portugal tinha até às 24h de quinta-feira 526 doentes com covid-19 internados em unidades de cuidados intensivos (UCI), um novo máximo desde o início da pandemia, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

TAP voltou a ser em Outubro a líder em transporte aéreo internacional de passageiros de/para o Brasil

27-11-2020 (14h40)

A TAP completou em Outubro três meses consecutivos a liderar o transporte aéreo internacional de passageiros de/para o Brasil, com cerca de 30 mil, praticamente o triplo da segunda maior companhia europeia, a Air France, de acordo com dados da autoridade de aviação civil do Brasil (ANAC).

Voos internacionais de/para o Brasil perdem 70,1% de passageiros até Outubro

27-11-2020 (14h39)

Cerca de seis milhões de passageiros voaram de/para o Brasil entre Janeiro e Outubro, o que significa uma quebra em 70,1% ou 14,18 milhões, concluiu o PressTUR a partir dos dados publicados pela autoridade de aviação civil do Brasil (ANAC).

KLM reduz oferta de voos para Lisboa e Porto em Dezembro

27-11-2020 (12h43)

A companhia de aviação holandesa KLM anunciou uma redução de 15% da sua oferta de voos de Amesterdão para Lisboa e Porto durante o mês de Dezembro.

Opinião e Análise