Aeroportos portugueses melhoram pontualidade, mas concorrência melhora mais

08-04-2019 (17h50)

Aeroporto de Lisboa
Aeroporto de Lisboa

Os principais aeroportos portugueses apresentaram em Março fortes melhorias dos seus índices de pontualidade, que não impediram no entanto que voltassem a ficarem abaixo dos mil melhores com dados publicados pela consultora OAG.

O Aeroporto de Lisboa, por exemplo, segundo a OAG teve este Março 71% dos voos a partirem até 15 minutos da hora anunciada, quando em Março de 2’18 teve 47,7%, mas ainda assim cotou-se apenas com o 1.058 índice entre 1.196 aeroportos.

O Porto, por sua vez, melhorou de 53% das partidas até 15 minutos da hora anunciada em Março de 2018 para 69,7% em Março deste ano, que, no entanto, apenas foi o índice 1.076 entre os 1.196 publicados pela OAG.

Faro, que, como Lisboa teve 71% este Março, face a 57% em Março de 2018, foi cotado pela OAG no lugar 1.057, e o Funchal, que teve o pior índice de pontualidade dos aeroportos portugueses este Março, com 69,4%, ainda assim melhor que os 61% de há um ano, ficou no lugar 1.080.

O que estes dados revelam é que embora os maiores aeroportos portugueses tenham melhorado os seus índices de pontualidade, a concorrência melhorou mais, pelo que ficam abaixo da fasquia dos mil melhores.

A informação da OAG recolhida pelo PressTUR atribui aos aeroportos dos Açores os melhores índices de pontualidade em Março, com 78,7% na Terceira, que compara com 58,6% em Março de 2018, 76,5% em Ponta Delgada (56,8% há um ano) e 71,9% na Horta (49,3% há um ano).

O OAG indica assim que a Terceira teve o 805º melhor índice de pontualidade do mês de Março, Ponta Delgada teve o 903º e Horta teve o 1.037º.

O Aeroporto do Panamá foi o que teve o melhor índice de pontualidade em Março entre os grandes aeroportos (mais de cinco mil voos), com 93,8%, seguido por Moscovo Sheremetyevo, com 93,4%, São Petersburgo Pulkovo, com 91,1%, e Jacarta Soekarno-Hatta, com 91%.

O pior dos grandes foi Dubai International, com 48,1%, seguido por Moscovo Vnukovo, com 58,9%, Manchester, com 59,5%, Cairo, com 61,2%, Amesterdão, com 62,3%, Bruxelas,com 62,9%, e Haikou, com 63,1%.

Para o mês de Março, a OAG aponta Atlanta Hartsfield-jackson como o aeroporto com mais voos, com 37.925, seguido por Chicago O’Hare com 36.732, Dallas/Fort Worth, com 27.848, Los Angeles International, com 27.207, e Denver, com 25.057.

O melhor índice de pontualidade nestes mega aeroportos foi o de Atlanta, com 85% das partidas até minutos da hora indicada, seguido por Chicago, com 80,9%, Los Angeles, com 78,6%, Dallas, com 75,6%, e Denver, com 74,7%.

Para o maior aeroporto europeu, Londres Heathrow, com 20.008 voos em Março, a OAG indica um índice de pontualidade de 76,2%, para Frankfurt, 2º maior, com 19.667 voos, indica 67,7%, para Amesterdão, com 19.489 voos, indica 62,3%, para Paris Charles de Gaulle, com 18.588 voos, indica 71,4%, e para Istambul Ataturk, com 17.058 voos, indica 74,8%.

 

Clique para mais notícias: Pontualidade

Clique para mais notícias: OAG

Clique para mais notícias: Aviação


Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Covid-19 já matou 1,114 milhões de pessoas em todo o mundo

19-10-2020 (17h32)

A pandemia provocada pelo novo coronavírus já fez pelo menos 1.114.836 mortos em todo o mundo desde que foi notificado o primeiro caso na China, segundo o balanço diário da agência France-Presse.

Portugal ultrapassou marca dos cem mil contágios pelo novo coronavírus

19-10-2020 (17h15)

Portugal superou ontem os cem mil contágios pelo novo coronavírus, com o total de 101.860, mais 1.949 que na véspera, de acordo com a informação da DGS relativa às 24h00 de Domingo.

Espanha conserva liderança dos destinos com mais gastos de turistas portugueses

19-10-2020 (16h46)

A pandemia de covid-19 levou a uma quebra em 42,5% dos gastos em Espanha de turistas residentes em Portugal este Agosto, sem travar, no entanto, a tradicional liderança do país vizinho nos gastos turísticos dos portugueses, ainda que França tenha sido o destino que mais reforçou a sua quota.

França destrona Reino Unido e ascende a primeiro emissor para Portugal

19-10-2020 (15h34)

Em tempos de pandemia, França ascendeu à liderança dos emissores para Portugal, com os gastos dos seus residentes a atingirem 33,1% do total de receitas turísticas portuguesas no mês de Agosto e 21% no conjunto dos primeiros oito meses do ano.

NAV Portugal geriu menos 60,4% movimentos no 3º trimestre

19-10-2020 (15h20)

O prestador de serviços de navegação no espaço aéreo português geriu 89,701 movimentos no terceiro trimestre de 2020 , menos 60,4% que no período homólogo de 2019, mas quase mais 500% que no segundo trimestre deste ano.

Opinião e Análise