África do Sul autoriza entrada de visitantes a partir de 1 de Outubro

17-09-2020 (13h07)

Foto: Unsplash / Jacques Nel
Foto: Unsplash / Jacques Nel

O presidente da África do Sul disse hoje que o país vai voltar a autorizar as viagens internacionais a partir de 1 de Outubro depois de o número de casos de infecção de covid-19 ter baixado nas últimas semanas.

O presidente Cyril Ramaphosa admitiu, no entanto, que os visitantes de países considerados "de alto risco" podem vir a conhecer restrições. Nesse sentido a lista de países deve ser publicada pelas autoridades sul-africanas em breve.

Para entrarem no país, os visitantes devem estar na posse do teste médico com "resultado negativo", efetuado 72 horas antes. Aqueles que não estiverem na posse do teste médico vão ficar submetidos a uma quarentena, pagando o confinamento pelos próprios meios. 

Os voos internacionais só vão ser autorizados nos aeroportos de Joanesburgo, Cidade do Cabo e Durban.

Clique para ver mais: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

easyJet vai voar Amesterdão - Faro este Inverno

30-10-2020 (13h38)

A easyJet anunciou hoje que vai voar entre Amesterdão e Faro uma vez por semana entre 19 de Dezembro e 27 de Março de 2021, reforçando para dois voos por semana durante a época do Natal, de 22 a 29 de Dezembro.

Estudo da eDreams indica que portugueses fizeram mais férias que a média global

30-10-2020 (13h29)

A agência de viagens online eDreams fez um estudo, através de inquéritos a viajantes de diferentes mercados, que indica que 56% do total dos inquiridos fez férias em 2020, ao passo que, apesar de terem preocupações semelhantes, essa percentagem sobe para 70% no mercado português.

Airmet promove sessões com operadores turísticos para conhecer produto e debater desafios

30-10-2020 (12h49)

A Airmet vai promover durante a próxima semana sessões com operadores turísticos exclusivas para os seus associados, onde espera conhecer a estratégia destes fornecedores e a sua oferta para o próximo ano.

Pandemia de covid-19 provoca prejuízo de 6.078 milhões até Setembro ao grupo Air France/KLM

30-10-2020 (12h07)

O grupo Air France KLM, terceiro maior da Europa, englobando além dessas duas companhias também a Transavia, informou hoje que nos nove meses de Janeiro a Setembro deste ano soma um prejuízo de 6.078 milhões de euros, com quebra das receitas em 58,8%, principalmente das receitas de tráfego regular, que caíram 59,7%.

Mesmo com pandemia de covid-19, portugueses aumentaram dormidas no Algarve e Alentejo e Setembro

30-10-2020 (10h55)

O alojamento turístico do Algarve e do Alentejo tiveram este Setembro mais dormidas que no mês homólogo de 2019, de acordo com a estimativa rápida do INE, que indica que, porém, a tendência foi de queda, que atingiu 37,7% em Lisboa e 32,3% nos Açores.

Opinião e Análise