África ultrapassa 1,9 milhões de infectados com o novo coronavírus

11-11-2020 (12h01)

Foto: Unsplash / Gilberto Olimpio
Foto: Unsplash / Gilberto Olimpio

Os países africanos somaram ontem mais 13.076 pessoas infectadas com o novo coronavírus, elevando o total desde o início da pandemia para 1.904.820, segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC).

Os dados, segundo avança a agência Lusa, indicam que África somou ontem mais 345 mortes relacionadas com a covid-19, aumentando o total desde o início da pandemia para 45.954.

Os 55 estados-membros da organização África CDC indicaram que o número de pessoas recuperadas da doença aumentou ontem 9.968, para um total de 1.607.108.

O maior número de casos de infecção e de mortes regista-se na África Austral, com 827.660 infeções e 21.470 mortes por covid-19. Nesta região, a África do Sul, o país mais afectado do continente, contabiliza um total de 740.254 casos de infecção e 19.951 mortes.

O Norte de África, a segunda zona mais afectada pela pandemia, regista um total de 589.130 pessoas infectadas e 16.026 mortos e na África Oriental há 231.368 casos e 4.494 vítimas mortais.

Na região da África Ocidental, o número de infecções é de 195.067, com 2.800 vítimas mortais, e a África Central regista 61.595 casos e 1.164 óbitos.

O Egipto, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 6.394 mortos e 109.654 infectados, seguindo-se Marrocos, que contabiliza 4.425 vítimas mortais e 265.165 casos de infecção. A Argélia surge logo a seguir, com 63.446 infeções e 2.077 mortos.

Entre os seis países mais afectados estão também a Etiópia, que regista 100.327 casos de infeção e 1.537 vítimas mortais, e a Nigéria, com 64.336 infetados e 1.160 mortos.

Em relação aos países africanos que têm o português como língua oficial, Angola lidera em número de mortos e Moçambique tem o maior número de casos. Angola regista 308 óbitos e 12.816 casos, seguindo-se Cabo Verde (101 mortos e 9.499 casos), Moçambique (99 mortos e 13.892 casos), Guiné Equatorial (85 mortos e 5.102 casos), Guiné-Bissau (43 mortos e 2.419 casos) e São Tomé e Príncipe (16 mortos e 962 casos).

 

Clique para ver mais: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Privatização da TAAG deverá estar concluída em 2022, ministro

25-11-2020 (16h08)

O ministro dos Transportes de Angola, Ricardo de Abreu, prevê que a privatização da companhia de aviação TAAG esteja concluída em 2022, segundo a Rádio Nacional de Angola.

Cabo Verde fica com mais de uma dezena de imóveis dos antigos TACV

18-11-2020 (17h30)

O Estado de Cabo Verde vai ficar com mais de uma dezena de imóveis que eram propriedade dos TACV, entre terrenos, edifícios e apartamentos, incluindo em Portugal, no âmbito da privatização da companhia áerea.

Aeroportos de Cabo Verde acumulam quebra de 1,5 milhões de passageiros até Outubro

18-11-2020 (17h11)

Os aeroportos de Cabo Verde tiveram nos primeiros dez meses deste ano menos 1,557 milhões de passageiros que no período homólogo do ano passado, segundo os dados oficiais.

Cabo Verde Connect também vai ligar Lisboa ao Sal e a São Vicente

18-11-2020 (14h44)

A Cabo Verde Connect, que fará o seu primeiro voo a 2 de Dezembro entre as capitais portuguesa e cabo-verdiana, tem programado começar ainda este ano a voar entre Lisboa e as ilhas do Sal e de São Vicente, e entre a cidade da Praia e Paris e Boston, via Ponta Delgada.

Cabo Verde Connect Services fará o seu primeiro voo Lisboa – Praia a 2 de Dezembro

10-11-2020 (17h22)

A Cabo Verde Connect Services, liderada por Tiago Raiano e Mário Almeida, do Grupo Newtour, anunciou hoje que fará o seu primeiro voo no dia 2 de Dezembro, entre Lisboa e a cidade da Praia, com um avião do Grupo SATA.

Opinião e Análise