Cabo Verde adia retoma dos voos internacionais para Agosto – Governo

24-06-2020 (13h35)

O Governo cabo-verdiano decidiu adiar de Julho para Agosto a retoma dos voos internacionais de/para o arquipélago, alegando o recrudescimento de casos de covid-19 na Europa, nomeadamente em Portugal, que no entanto foi apenas o 4º maior emissor para o país em 2019.

A informação foi avançada à Lusa pelo ministro cabo-verdiano do Turismo e dos Transportes, Carlos Santos, que comentou: "o que se fez foi a avaliação daquilo que está a acontecer na Europa, designadamente em Portugal que é o nosso principal parceiro, com o recrudescimento dos casos na última semana, nomeadamente na zona metropolitana de Lisboa, e também com algum aumento de casos nas ilhas".

Dados do INE cabo-verdiano dizem, porém, que em 2019 os britânicos representaram 24% dos hóspedes alojados na hotelaria do país, seguindo-se os alemães, com 11,3%, e os franceses, com 10,4%, e só depois os portugueses, com 9,8%.

Desde 19 de Março que Cabo Verde suspendeu todas as ligações aéreas internacionais para conter a propagação da pandemia de covid-19, permitindo apenas voos de repatriamento.

O plano de desconfinamento, iniciado em Junho após dois meses de estado de emergência, previa a retoma dos voos no próximo mês e a Cabo Verde Airlines tinha já anunciado que previa retomar as ligações aéreas em 1 de Julho, com um voo para Paris (França)

"Perante as avaliações que vamos fazendo diariamente e mediante o parecer do Ministério da Saúde, acabamos por adiar a reabertura dos voos internacionais para Agosto. Achamos que é a decisão mais correta porque a saúde dos cabo-verdianos é o mais importante", afirmou Carlos Santos.

Cabo Verde recebeu em 2019 cerca de 819 mil turistas, sector que tem um peso de 25% do Produto Interno Bruto (PIB), mas o Governo já admitiu que o país vai perder este ano meio milhão de visitantes, devido à pandemia.

De acordo com o ministro Carlos Santos, a decisão de adiar por um mês a retoma das ligações aéreas internacionais é justificada ainda com o mercado: "A procura turística no mês de Julho não está a ser tão rápida como era de esperar".

O objetivo é reabrir o país "em condições", nomeadamente ao nível dos procedimentos e protocolos de segurança sanitária, no âmbito do projeto em desenvolvimento com todas as empresas do setor turístico nas ilhas de Santiago, Sal e Boa Vista, para "dar confiança" aos turistas.

O ministro disse também que ainda não há um dia definido para a retoma dos voos, mas que quando acontecer será em simultâneo para os quatro aeroportos internacionais, Santiago, Sal, Boa Vista e São Vicente.

"Podemos considerar que é uma decisão segura mediante os inputs e as variáveis que nós temos neste momento e os próprios operadores turísticos acabarão por entender. Temos de reabrir com segurança e com tranquilidade", rematou Carlos Santos.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Cabo Verde

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cabo Verde garante condições para testes a viajantes em menos de 72 horas

03-07-2020 (11h16)

As autoridades de saúde cabo-verdianas anunciaram que os passageiros de um voo sanitário que partiu na quarta-feira para Lisboa já levaram resultados de testes à covid-19, tendo o país capacidade para os realizar em menos de 72 horas.

Portugueses que viajarem para a Tunísia têm que fazer teste à covid-19

02-07-2020 (10h46)

A Tunísia incluiu os portugueses e os residentes em Portugal entre os viajantes que podem circular no país, desde que apresentem um teste negativo à covid-19.

Cabo Verde perde 536 mil turistas e pode recuar a níveis de 2009

01-07-2020 (12h57)

A procura turística em Cabo Verde deve recuar este ano a níveis de 2009, devido à pandemia de covid-19, com uma perda de 536 mil turistas face à previsão inicial do Governo, que apontava para um crescimento de 6,6% relativamente aos 819 mil turistas recebidos em 2019, ano no qual foi registado um máximo histórico de receitas turísticas de 389 milhões de euros, que em 2020 deve cair para 136 milhões de euros.

STP Airways retoma voos directos Lisboa - São Tomé esta sexta-feira

29-06-2020 (18h48)

A STP Airways vai retomar as ligações directas entre Lisboa e São Tomé esta sexta-feira, dia 3 de Julho, em voos operados pela euroAtlantic airways.

Sonhando anuncia ofertas para férias em São Tomé este Verão

25-06-2020 (10h47)

O operador turístico Sonhando anunciou ao mercado propostas para férias em São Tomé este Verão, desde 758 euros por pessoa em quarto duplo, com voos e sete noites de alojamento.

Opinião e Análise