Cabo Verde Airlines reforça Paris e adia Luanda por “razões comerciais”

24-10-2019 (12h02)

Foto: Cabo Verde Airlines
Foto: Cabo Verde Airlines

A companhia de aviação Cabo Verde Airlines (CAV), ‘sucessora' da TACV, anunciou que vai ter um quarto voo semanal entre o Sal e Paris e que, "por razões comerciais", adiou, para o Verão de 2020, o início dos voos para Luanda.

Desde pelo menos Julho que a CAV tinha à venda os voos para Luanda, uma das novas rotas intercontinentais que anunciou para este ano, juntamente com Washington, nos Estados Unidos, e Porto Alegre, no Brasil, todas com início anunciado para a segunda semana de Dezembro (para ler mais clique: Cabo Verde Airlines começa novas rotas de Washington, Luanda e Porto Alegre na segunda semana de Dezembro).

Uma notícia da Lusa publicada hoje diz que em comunicado a CVA informou o adiamento para o Verão de 2020 do início da ligação aérea entre a ilha cabo-verdiana do Sal e Luanda, alegando "razões comerciais".

A CVA garante nesse comunicado que mantém a aposta no mercado angolano, e que este adiamento "permitirá uma adequada implementação de todos os mecanismos de promoção, venda e parcerias" da futura ligação.

A Cabo Verde Airlines acrescenta na mesma informação que tudo será feito "respeitando as características próprias do mercado de Angola e dos diversos intermediários que prestam serviço na indústria do turismo e transporte aéreo", e assegurou que iniciou o processo de "proteção dos passageiros" que já tinham adquirido bilhete para a rota Sal/Luanda.

A CVA, privatizada em Março deste ano, quando passou a ser liderada pelos islandeses da Loftleidir Icelandic EHF, garantiu manter interesse no mercado angolano, incluindo o acordo de code-share com a companhia aérea angolana TAAG, que desde 26 de abril assegura voos entre a capital angolana e a ilha do Sal, com escala em São Tomé e Príncipe, duas vezes por semana.

A imprensa francesa especializada em aviação avançou entretanto que a CVA vai ter um quarto voo semanal entre o Sal e Paris, a partir de 21 de Dezembro, em Boeing B757-200 com 198 lugares, 18 dos quais em executiva.

Em meados de Agosto a CVA iniciou voos domésticos entre ilhas cabo-verdianas, em parceria com as portuguesas Lease-Fly e Newtour, para garantir a conectividade ao seu hub na ilha do Sal (para ler mais clique:CVA começa hoje a fazer voos domésticos em parceria com Newtour e Lease-Fly).

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: CVA

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAAG recebe o primeiro de seis Dash 8-400 encomendados à Bombardier

06-08-2020 (15h57)

A TAAG - Linhas Aéreas de Angola recebeu a primeira de seis aeronaves Dash 8-400 encomendadas em 2018 à empresa canadiana Bombardier.

Qatar Airways mantém quatro voos/semana na rota Doha – Lisboa

05-08-2020 (15h46)

A Qatar Airways, uma das maiores companhias de aviação da região do Golfo, manteve em quatro voos por semana a frequência de voos na rota Doha – Lisboa no período de 1 de Setembro a 24 de Outubro.

Abertura do hotel InterContinental em Luanda adiada para o final do ano

05-08-2020 (11h10)

O primeiro hotel do InterContinental Hotels Group (IHG) na capital angolana, Luanda, deverá abrir apenas no final deste ano, admitiu o grupo hoteleiro britânico, 5º maior do mundo em número de quartos em 2019, com 883,5 mil, segundo o ranking da revista "Hotels".

Tunísia tem dez vezes mais casos após reabertura de fronteiras

04-08-2020 (16h41)

A Tunísia registou dez vezes mais casos do novo coronavírus após a reabertura das fronteiras há pouco mais de um mês, a 27 de Junho.

EuroAtlantic vai retomar voos regulares para a Guiné-Bissau a partir de sexta-feira

04-08-2020 (13h23)

A companhia aérea euroAtlantic Airways anunciou que vai retomar os voos regulares para a Guiné-Bissau a partir de sexta-feira, depois de as autoridades guineenses terem autorizado na semana passada a retoma dos voos regionais e internacionais.

Opinião e Análise