Cabo Verde Airlines reforça Paris e adia Luanda por “razões comerciais”

24-10-2019 (12h02)

Foto: Cabo Verde Airlines
Foto: Cabo Verde Airlines

A companhia de aviação Cabo Verde Airlines (CAV), ‘sucessora' da TACV, anunciou que vai ter um quarto voo semanal entre o Sal e Paris e que, "por razões comerciais", adiou, para o Verão de 2020, o início dos voos para Luanda.

Desde pelo menos Julho que a CAV tinha à venda os voos para Luanda, uma das novas rotas intercontinentais que anunciou para este ano, juntamente com Washington, nos Estados Unidos, e Porto Alegre, no Brasil, todas com início anunciado para a segunda semana de Dezembro (para ler mais clique: Cabo Verde Airlines começa novas rotas de Washington, Luanda e Porto Alegre na segunda semana de Dezembro).

Uma notícia da Lusa publicada hoje diz que em comunicado a CVA informou o adiamento para o Verão de 2020 do início da ligação aérea entre a ilha cabo-verdiana do Sal e Luanda, alegando "razões comerciais".

A CVA garante nesse comunicado que mantém a aposta no mercado angolano, e que este adiamento "permitirá uma adequada implementação de todos os mecanismos de promoção, venda e parcerias" da futura ligação.

A Cabo Verde Airlines acrescenta na mesma informação que tudo será feito "respeitando as características próprias do mercado de Angola e dos diversos intermediários que prestam serviço na indústria do turismo e transporte aéreo", e assegurou que iniciou o processo de "proteção dos passageiros" que já tinham adquirido bilhete para a rota Sal/Luanda.

A CVA, privatizada em Março deste ano, quando passou a ser liderada pelos islandeses da Loftleidir Icelandic EHF, garantiu manter interesse no mercado angolano, incluindo o acordo de code-share com a companhia aérea angolana TAAG, que desde 26 de abril assegura voos entre a capital angolana e a ilha do Sal, com escala em São Tomé e Príncipe, duas vezes por semana.

A imprensa francesa especializada em aviação avançou entretanto que a CVA vai ter um quarto voo semanal entre o Sal e Paris, a partir de 21 de Dezembro, em Boeing B757-200 com 198 lugares, 18 dos quais em executiva.

Em meados de Agosto a CVA iniciou voos domésticos entre ilhas cabo-verdianas, em parceria com as portuguesas Lease-Fly e Newtour, para garantir a conectividade ao seu hub na ilha do Sal (para ler mais clique:CVA começa hoje a fazer voos domésticos em parceria com Newtour e Lease-Fly).

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: CVA

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ethiopian Mozambique cessa todos os voos a partir de amanhã, 6 de Maio

05-05-2021 (15h36)

A Ethiopian Airlines Mozambique, subsidiária moçambicana da maior companhia de aviação africana, anunciou que a partir de amanhã cessa todos os voos, por falta de procura devido à pandemia de covid-19, segundo indicou.

Operadores turísticos portugueses cancelam charters para Tunísia e Marrocos

28-04-2021 (10h32)

O operador turístico Solférias e os seus parceiros nas operações de Verão para a Tunísia e Marrocos, incluindo Jade Travel, Soltrópico, Sonhando, Abreu e Viajar Tours, cancelaram os voos charter para estes destinos, devido ao impacto da incerteza nas reservas.

TAP adia para Julho início dos voos para Marrocos e Tunísia

27-04-2021 (11h37)

A TAP adiou para os primeiros dias de Julho a inauguração das suas novas rotas de Lisboa para Oujda (Saïdia) e Agadir, em Marrocos, e para Djerba e Monastir, na Tunísia, confirmaram ao PressTUR fontes do mercado.

Solférias cancela operação charter de Verão para Hurghada

26-04-2021 (17h19)

O operador turístico Solférias cancelou a operação charter de Verão para Hurghada, no Egipto, depois de analisar "o ritmo de procura" e concluir que "não estão reunidas" as condições para a realizar, garantindo, contudo, programas com voos regulares.

Solférias promove webinar sobre São Tomé e Príncipe a 29 de Abril

23-04-2021 (15h47)

O operador turístico Solférias vai organizar um webinar para agentes de viagens sobre São Tomé e Príncipe na próxima quinta-feira, dia 29 de Abril, às 11h.

Opinião e Análise