LAM transportou menos 44% de passageiros em Janeiro

19-02-2021 (17h38)

Foto: www.lam.co.mz
Foto: www.lam.co.mz

As Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) transportaram em Janeiro menos 44% de passageiros que no mês homólogo do ano passado, que a companhia aérea justifica com o impacto da pandemia de covid-19.

A LAM transportou 29.923 passageiros no primeiro mês deste ano, quando em Janeiro de 2020, antes dos impactos da covid-19, tinha transportado 53.249 passageiros.

As rotas com mais passageiros em Janeiro foram Maputo-Nampula-Maputo com 6.438 passageiros, Maputo-Beira-Maputo com 4.793, Maputo-Tete-Maputo com 4.226, e Maputo-Pemba-Maputo com 3.706 passageiros transportados.

Em comunicado citado pela Lusa, a LAM disse que assegurou um índice de pontualidade operacional de 91% num universo de 608 partidas, significando um acréscimo de três pontos percentuais em relação ao período homólogo de 2020, em que a pontualidade registada foi de 88% para 1.088 partidas.

A nota de imprensa acrescenta que a transportadora “aumentou a frequência de voos para Quelimane”, capital da província da Zambézia, no centro do país, e terá mais voos à quarta-feira entre Quelimane e Beira e ao Sábado em sentido inverso. A LAM também vai voar entre Quelimane e Tete à sexta-feira, com regresso ao Domingo.

A LAM suspendeu no início do ano os voos entre Maputo e Lisboa que operava desde Julho (clique para ler: Operação da LAM entre Maputo e Lisboa termina devido à pandemia).

 

Clique para ver mais: LAM

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Solférias, Abreu e Soltrópico voltam a programar charters de Verão para Cabo Verde

23-02-2021 (12h23)

Os operadores turísticos Solférias, Abreu e Soltrópico vão voltar este Verão a programar voos charter de Lisboa e do Porto para a Ilha do Sal, em Cabo Verde, em aviões A320 da SATA Azores Airlines com 162 lugares.

Maseyka Holdings investe 61,9 milhões de euros em dois hotéis em São Vicente

18-02-2021 (11h11)

A Maseyka Holdings Investments vai investir 61,9 milhões de euros na construção de dois hotéis na ilha cabo-verdiana de São Vicente, um Four Points by Sheraton para abrir em Julho de 2022 e um Le Meridien para abrir em 2025.

Operadores portugueses voltam a programar charters para o Verão em Saïdia

17-02-2021 (12h55)

Os operadores turísticos Solférias, Abreu, Soltrópico e Viajar Tours vão voltar este Verão a programar voos charter de Lisboa e do Porto para Saïdia, um destino que no último Verão antes da pandemia, em 2019, chegou a ter seis partidas por semana de Portugal.

Cabo Verde aprova garantia para novo empréstimo à Cabo Verde Airlines

17-02-2021 (11h37)

O Governo cabo-verdiano aprovou uma garantia para um novo empréstimo de emergência da administração da Cabo Verde Airlines (CVA), no valor de cerca de um milhão de euros, para pagar salários em atraso.

Egipto constrói muro em redor de Sharm el Sheikh

15-02-2021 (08h53)

O Governo do Egipto construiu um muro de 36 quilómetros em redor de Sharm el Sheikh, com o objectivo de proteger esta estância balnear que foi um dos principais destinos turísticos do Mar Vermelho, para onde alguns operadores turísticos portugueses chegaram a programar voos charter.

Opinião e Análise