Reino Unido termina proibição de voos para Sharm el-Sheikh

23-10-2019 (15h32)

Foto: www.egypt.travel
Foto: www.egypt.travel

O Governo britânico levantou a proibição de voos directos para Sharm el-Sheikh, Egipto, ordenada após um atentado contra um avião russo em 2015, anunciou a embaixada em comunicado.

O Governo britânico informou as companhias aéreas “que já não aconselha que se evitem os voos em direcção ao aeroporto de Sharm el-Sheikh”, indica o comunicado.

A proibição foi decretada por Londres após o atentado, em Outubro de 2015, contra um avião russo que transportava veraneantes para Sharm el-Sheikh, uma estância turística no Mar Vermelho, que provocou 244 mortos.

“O Reino Unido fez saber claramente que os voos para Sharm el-Sheikh seriam retomados quando a situação o permitisse”, considerou Andrew Murrison, ministro britânico para o Médio Oriente e África do Norte, citado no comunicado.

“Fico feliz por saber que podemos anunciar hoje o levantamento das actuais restrições”, acrescentou.

Pouco após este anúncio, os ministérios egípcios da Aviação civil e do Turismo emitiram comunicados onde se congratulam com a decisão.

A ministra do Turismo, Rania al-Mashat, considerou designadamente que este anúncio vai recompensar “os esforços efetuados pelo Governo egípcio para garantir a segurança de todos os visitantes em cada destinação egípcia”.

O grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico (EI) reivindicou o ataque de 2015 contra o avião da companhia russa Metrojet que transportava sobretudo cidadãos russos.

Após o atentado, Moscovo também proibiu os voos directos para todo o território egípcio. Em Abril de 2018, a Rússia anunciou o recomeço dos voos para o Cairo, mas não para Sharm el-Sheikh.

Em 2015, britânicos e russos incluíam-se entre os mais importantes contingentes de turistas que optavam por esta estação balnear. O atentado de 2015 teve efeitos devastadores na indústria turística egípcia, já em declínio após os anos de instabilidade política e os atentados que se seguiram à revolta de 2011 e à queda do presidente Hosni Mubarak, o golpe que afastou o seu sucessor eleito Mohamed Morsi em 2013, com o aumento da repressão, e a guerra sem tréguas que se instalou na península do Sinai.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Egipto

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Voos de e para Luanda limitados a 75% da capacidade e 1/3 da frequência

06-07-2020 (17h28)

Os voos de/para Luanda, uma rota em que no ano passado voaram 517,2 mil passageiros e que a TAP indica no seu website ter planeado retomar duas vezes por semana este mês e chegar a quatro por semana em Agosto, terão limitações de capacidade e frequência fixadas por Angola.

Cabo Verde garante condições para testes a viajantes em menos de 72 horas

03-07-2020 (11h16)

As autoridades de saúde cabo-verdianas anunciaram que os passageiros de um voo sanitário que partiu na quarta-feira para Lisboa já levaram resultados de testes à covid-19, tendo o país capacidade para os realizar em menos de 72 horas.

Portugueses que viajarem para a Tunísia têm que fazer teste à covid-19

02-07-2020 (10h46)

A Tunísia incluiu os portugueses e os residentes em Portugal entre os viajantes que podem circular no país, desde que apresentem um teste negativo à covid-19.

Cabo Verde perde 536 mil turistas e pode recuar a níveis de 2009

01-07-2020 (12h57)

A procura turística em Cabo Verde deve recuar este ano a níveis de 2009, devido à pandemia de covid-19, com uma perda de 536 mil turistas face à previsão inicial do Governo, que apontava para um crescimento de 6,6% relativamente aos 819 mil turistas recebidos em 2019, ano no qual foi registado um máximo histórico de receitas turísticas de 389 milhões de euros, que em 2020 deve cair para 136 milhões de euros.

STP Airways retoma voos directos Lisboa - São Tomé esta sexta-feira

29-06-2020 (18h48)

A STP Airways vai retomar as ligações directas entre Lisboa e São Tomé esta sexta-feira, dia 3 de Julho, em voos operados pela euroAtlantic airways.

Opinião e Análise