Altis Belém adia reabertura para Agosto devido ao aumento de casos de covid-19 em Lisboa

30-06-2020 (14h41)

Foto: Altis Belém
Foto: Altis Belém

O hotel Altis Belém e o Restaurante Feitoria adiaram a reabertura para o início de Agosto “devido às tristes notícias do aumento de infeções em Lisboa, e do governo ter decretado o estado de calamidade na Região de Lisboa e Vale do Tejo”, anunciou hoje a direcção.

O Altis Belém estava previsto reabrir no dia 1 de Julho e o Restaurante Feitoria, no dia 7 do mesmo mês.

“A data actualmente planeada para a reabertura é no início de Agosto”, mas dependerá “da evolução da situação epidemiológica e de saúde não só em Lisboa, mas em Portugal em geral”, sublinha a empresa num comunicado.

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Altis Hotels

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP marca passo apesar de “interesse público”

10-07-2020 (15h34)

Uma semana depois de o Governo anunciar mudanças de fundo da TAP, entre elas a do CEO da companhia, inerentes ao reforço da sua posição para mais de 70% do capital, ainda nada mudou e é Antonoaldo Neves que continua a comandar a transportadora aérea.

SATA faz balanço "muito positivo" da retoma gradual das operações

10-07-2020 (15h25)

A SATA anunciou que a taxa de ocupação média dos seus voos “rondou os 40%” em Junho, fazendo assim um balanço "muito positivo" da retoma gradual das operações, que estiveram suspensas devido à pandemia da covid-19.

LATAM Brasil entra com processo de reestruturação da dívida nos EUA

10-07-2020 (15h10)

A LATAM Brasil entrou com um pedido de reestruturação da dívida nos EUA para conter os impactos da pandemia da covid-19, anunciou a empresa, acrescentando que continuará a “operar normalmente".

Bestravel leva agentes de viagens à Madeira para “transmitir confiança aos clientes”

10-07-2020 (14h49)

A Bestravel organizou uma viagem à Madeira com dez agentes de viagens para experienciarem “todo o processo que este novo normal implica” e “transmitir confiança aos clientes”.

Ryanair pede dados a clientes que reservaram em OTAs não autorizadas para os reembolsar

10-07-2020 (14h07)

A Ryanair está a pedir aos clientes que reservaram os seus voos em agências de viagens online (OTAs) não autorizadas, e que estão tentar obter reembolsos, para enviarem os seus dados e receberem directamente da companhia um voucher, alteração do voo ou devolução do dinheiro.

Opinião e Análise