Desemprego nos EUA sobe para 4,4% em Março

03-04-2020 (19h33)

Foto: Diana Fernandes
Foto: Diana Fernandes

A taxa de desemprego nos Estados Unidos subiu de 3,5% em Fevereiro para 4,4% em Março, devido ao impacto económico da pandemia de covid-19 que paralisou a atividade, informou hoje o Departamento do Trabalho.

A economia norte-americana perdeu no mês passado 701.000 postos de trabalho, pondo fim a uma tendência de 113 meses consecutivos de crescimento.

O número de postos de trabalho perdidos é o mais significativo desde Março de 2009, na altura da crise financeira. Em Fevereiro, a taxa de desemprego tinha recuado para 3,5%, o nível mais baixo em 50 anos.

O Departamento do Trabalho diz, no entanto, em comunicado, que "não pode quantificar com precisão os efeitos da pandemia no mercado de trabalho em Março".

Nas últimas duas semanas, perto de 10 milhões de pessoas pediram subsídios de desemprego nos Estados Unidos, num total de 152,3 milhões de trabalhadores que estavam em actividade em fevereiro.

A situação no emprego parece mais preocupante do que o sugerido anteriormente, se considerarmos que o pico da pandemia está longe de ser atingido nos Estados Unidos”, observou John Plassard, da Mirabaud Securities, citado pela AFP.

(Presstur com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Estados Unidos

Clique para mais notícias: Coronavírus

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Estados Unidos ultrapassaram as 100 mil mortes por covid-19

28-05-2020 (14h45)

Os Estados Unidos da América (EUA) ultrapassaram hoje as 100 mil mortes associadas ao novo coronavírus, número de óbitos que é significativamente superior ao de qualquer outro país, anunciou a Universidade Johns Hopkins, em Baltimore, Maryland.

Delta adia retoma dos voos Nova Iorque JFK – Lisboa para 16 de Julho

26-05-2020 (11h52)

A Delta Air Lines, segunda maior companhia de aviação do mundo, adiou para 16 de Julho o recomeço dos seus voos entre Nova Iorque JFK e Lisboa, segundo as alterações ao calendário que efectuou na semana passada.

LATAM Airlines recorre à proteção de credores ao abrigo da lei das falências dos EUA

26-05-2020 (10h36)

A LATAM Airlines, maior companhia de aviação da América Latina, formada pela integração da brasileira TAM na chilena LAN, anunciou que recorreu à proteção de credores ao abrigo do capítulo 11 da lei de falências dos Estados Unidos, na sequência da queda de atividade devido à pandemia de covid-19.

Copa Airlines adia retoma dos voos por quatro semanas

25-05-2020 (12h16)

A companhia de aviação do Panamá Copa Airlines, parceira da TAP na Star Alliance, adiou por quatro semanas a retoma dos voos, que agora têm início marcado para 26 de Junho, com voos para 23 aeroportos internacionais, um deles o maior aeroporto brasileiro, São Paulo Guarulho, duas vezes por semana em B737-800, passando a voo diário a partir de 3 de Julho.

Trump proíbe entrada nos EUA de estrangeiros que tenham estado no Brasil

25-05-2020 (11h00)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decretou a proibição de entrada no país de todos os estrangeiros que tenham estado no Brasil nos 14 dias anteriores à tentativa de entrada.

Opinião e Análise