Governo dos Açores confirma fim da operação da Delta para Ponta Delgada

23-10-2019 (14h59)

Foto: Delta Air Lines
Foto: Delta Air Lines

A secretária do Turismo do Governo dos Açores confirmou hoje que a Delta Airlines vai deixar a rota sazonal de Verão Nova Iorque – Ponta Delgada, sublinhando que a região "tudo" fez "no sentido de a decisão não ser esta".

"Confirma-se, a Delta deu nota formal ontem [terça-feira] da descontinuação da operação no próximo Verão entre Ponta Delgada e Nova Iorque, numa operação de Maio a Setembro”, disse Marta Guerreiro, em declarações aos jornalistas na Praia da Vitória, na ilha Terceira, à margem de uma visita de trabalho do executivo açoriano.

“Apesar de taxas de ocupação acima dos 80%, a Delta alega que a rentabilidade da operação se encontra abaixo" do esperado, "não colocando de parte" uma eventual reanálise no futuro, acrescentou a governante.

A “Antena 1/Açores” avançou hoje de manhã que a Delta deixaria a operação para os Açores.

Para Marta Guerreiro, este "não é um problema de falta de investimento" na promoção turística dos Açores, até porque tem havido "aumento do interesse pelo destino".

"Estamos já a reagir, interessa continuar a investir na notoriedade da região, neste mercado e noutros", sublinhou a governante com a tutela do Turismo no executivo açoriano, reconhecendo porém que “não é uma notícia que gostássemos de ter, mas temos de percebê-la no seu contexto global" e no contexto da Delta, empresa privada com uma "lógica empresarial muito própria".

A companhia norte-americana Delta Airlines começou em Maio de 2018 a voar para os Açores, ligando Ponta Delgada ao Aeroporto John F. Kennedy, em Nova Iorque, e arrancou a operação com cinco voos por semana com um Boeing 757-200ER, com capacidade para 199 passageiros.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Delta

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Covid-19 nos Estados Unidos mata mais 515 mortos e infecta mais 51 mil

03-08-2020 (10h59)

Os Estados Unidos registaram 515 mortos e 51.343 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo uma contagem independente da Universidade Johns Hopkins.

Air Canada anuncia perdas de 1,1 mil milhões de euros no 2º trimestre

31-07-2020 (16h44)

A Air Canada anunciou hoje que perdeu mais de 1,7 mil milhões de dólares canadianos (1,1 mil milhões de euros) no segundo trimestre, devido aos "efeitos devastadores" da pandemia de covid-19.

Portugal renova interdição de turistas do Brasil, Estados Unidos, Canadá e China

31-07-2020 (14h16)

As novas regras para quem viaja de avião de/para Portugal, em vigor desde as 24h00 de hoje, mantém o país ‘fechado’ aos quatro mercados emissores de turistas que mais estavam a crescer e a compensar alguma estagnação da Europa.

PIB dos Estados Unidos caiu 32,9% no segundo trimestre

31-07-2020 (11h51)

O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos caiu 32,9% no segundo trimestre de 2020, depois de uma queda de 5% no primeiro, informou o Gabinete de Análise Económica (BEA) norte-americano.

Estados Unidos somam 68.524 novos casos de covid-19 em 24 horas

22-07-2020 (10h11)

Os Estados Unidos registaram 68.524 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, superando pelo oitavo dia consecutivo as 60.000 infeções, de acordo com um balanço da Universidade Johns Hopkins.

Opinião e Análise