TAP foi a companhia aérea com mais reclamações sobre reembolsos nos EUA em Novembro

15-02-2021 (15h57)

A TAP foi a companhia aérea com mais reclamações relacionadas com reembolsos nos Estados Unidos em Novembro, com 273, que correspondem a 10,6% do total, de acordo com o Departamento norte-americano dos Transportes (DOT, Department of Transportation).

O DOT recebeu 2.573 reclamações relacionadas com reembolsos de companhias aéreas em Novembro, último mês com dados disponíveis, segundo avançou “Travel Weekly” e o PressTUR já confirmou no relatório oficial.

A TAP reconheceu que tem uma carteira de reembolsos em atraso e pediu desculpas, segundo um comunicado citado pela mesma publicação especializada em turismo.

A justificação apresentada pela companhia portuguesa é que os reembolsos em atraso resultam, por um lado, da sua decisão de lidar internamente com todos os reembolsos de voos cancelados devido à covid-19, incluindo reembolsos de passagens vendidas por agências de viagens, e, por outro, da capacidade limitada dos sistemas de tecnologias de informação.

A TAP garante também que “reforçou as suas equipas de atendimento ao cliente, adoptou procedimentos automáticos para processamento de pedidos de reembolsos através de vouchers e organizou uma equipa especializada para processar reembolsos sob a forma de pagamento de passagens”.

“Os pedidos continuam a ser aprovados e reembolsados”, acrescenta a companhia aérea, que agradece “a paciência dos nossos clientes e parceiros comerciais” e encoraja “todos os agentes que tenham qualquer reembolso pendente há mais de três meses a contactar o seu gestor de conta principal para obter assistência”.

A seguir à TAP, as companhias aéreas com mais reclamações de reembolsos foram a United, com 196 (7,6% do total), e a Air Canada, com 174 (6,8%), ambas também membros da Star Alliance, como a companhia portuguesa.

A United, segundo o “Travel Weekly”, experimentou várias políticas de reembolso durante o primeiro mês da pandemia, incluindo uma de curta duração que atrasou o pagamento de reembolsos para voos internacionais cancelados até pelo menos 12 meses a partir do momento da compra.

A United actualizou entretanto a sua política e está a informar no seu website que os clientes que tiveram o reembolso negado entre 1 de Março e 6 de Junho de 2020 poderão agora ter direito a ser reembolsados.

Já a Air Canada continua a definir todos os cancelamentos de voos relacionados com a covid-19 como fora do seu controlo e, portanto, não estão sujeitos a reembolso para aqueles que não possuem uma passagem reembolsável. Esta política está em conflito com os requisitos do DOT para voos que partem ou aterram nos EUA.

Os dados consultados pelo PressTUR mostram que depois da TAP, da United e da Air Canada, as companhias com mais reclamações de reembolsos foram a American Airlines, com 132 (5,1% do total), a Avianca, com 103 (4%), e a Frontier Airlines e a Interjet, cada uma com 85 reclamações (3,3%).

As 2.573 reclamações de reembolso recebidas pelo DOT em Novembro comparam com apenas 97 no mês homólogo de 2019, mas ainda assim estão num patamar muito abaixo do início da pandemia, nomeadamente do mês de Maio, em que foram registadas cerca de 18.000 reclamações.

Do total de reclamações de reembolsos, as companhias aéreas norte-americanas receberam 683 em Novembro, enquanto as transportadoras estrangeiras somaram 1.890.

A reclamações de rembolsos corresponderam a 68,6% do total de reclamações contra companhias norte-americanas, enquanto nas companhias estrangeiras foram 91,9%.

 

Clique para ver mais: TAP

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: América

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP espera ter clientes do México a visitar Portugal e outros destinos seus na Europa e África

19-02-2021 (16h39)

A TAP espera atrair clientes do México para Portugal com os seus voos entre Lisboa e Cancun, que o seu website tem à venda a partir de 27 de Março.

Faleceu Arne Sorenson, presidente e CEO da Marriott

16-02-2021 (17h05)

O presidente e CEO da Marriott, Arne Sorenson faleceu esta segunda-feira, dia 15 de Fevereiro, depois de dois anos a combater um cancro no pâncreas.

Canadá aprova aquisição da Transat pela Air Canada

12-02-2021 (14h20)

O Governo do Canadá aprovou a aquisição da Transat pela Air Canada, um negócio que ficou acordado entre as duas empresas em Outubro, após uma redução do preço inical de 720 milhões para 190 milhões de dólares canadianos.

Marriott incorpora 19 resorts nas Caraíbas em parceria com a Blue Diamond

09-02-2021 (14h05)

A Marriott International assinou um acordo com a Blue Diamond Resorts, do Sunwing Travel Group, para incorporar na sua rede 19 hotéis tudo incluído das marcas Royalton, Hideaway e Planet Holywood nas Caraíbas, que irá converter ainda este ano em resorts da marca Autograph Collection.

LATAM Argentina encerra actividade

08-02-2021 (16h28)

A LATAM Argentina encerrou as suas operações, cancelando ligações para 12 destinos domésticos no país, ficando os seus quatro destinos internacionais a cargo de outras companhias do grupo.

Opinião e Análise