Estudo mostra divergências sobre aplicação de taxa turística em Macau

10-01-2020 (12h05)

A esmagadora maioria dos residentes em Macau concorda com a criação uma taxa turística no território, enquanto 80% dos operadores do sector estão contra, de acordo com um estudo promovido pelo Governo do território.

O estudo de viabilidade de Macau passar a cobrar a taxa turística “mostrou divergências” após a Direção dos Serviços de Turismo ter recolhido um total de 14.900 questionários, indica um comunicado das autoridades.

“Entre os residentes, 95% é favorável à implementação de uma taxa turística e 5% contra. No caso dos operadores turísticos 20% é a favor e 80% contra”, especifica a informação, que diz ainda que pouco mais de metade dos visitantes inquiridos afirmaram que uma taxa turística em Macau afetará a vontade de visitar o destino.

Uma das conclusões do estudo apontou que “a cobrança de uma taxa turística reduz a vontade dos visitantes em visitar Macau, o que não favorece a integração de Macau no desenvolvimento da Grande Baía”, um projeto de Pequim que quer desenvolver uma metrópole mundial, juntando Macau, Hong Kong e nove cidades da província chinesa de Guangdong.

No mesmo estudo é referido que as razões de cobrança de uma taxa turística variam nos territórios que adotaram a medida, mas que “não há casos em que o controlo do fluxo de visitantes seja a finalidade”.

“Na análise dos casos estudados, verificou-se que apenas na fase inicial da cobrança de uma taxa turística há um ligeiro abrandamento do crescimento do número de visitantes”, indica o documento.

A Direção dos Serviços de Turismo já submeteu o relatório para avaliação do novo Governo da Região Administrativa Especial de Macau, que tomou posse a 20 de Dezembro. O comunicado destacou que se deve “decidir com prudência, avaliando fatores como a economia, a imagem do destino turístico, a política geral da Grande Baía”.

Em Março de 2019, em entrevista à Lusa, a diretora dos Serviços de Turismo disse que estava a ser feito um estudo para a possível aplicação de uma taxa turística no território, como acontece atualmente em Veneza (Itália) e no Japão.

“Estamos a fazer um estudo de comparação em termos das taxas que estão a ser impostas, por exemplo, por Veneza, (…) e pelo Japão”, afirmou Helena de Senna Fernandes.

Nos onze primeiros meses de 2019, Macau já tinha recebido 36.322.775 de visitantes, mais 12,7% comparativamente ao período homólogo de 2018 e também já acima do total do ano de 2018, em que 35 milhões de visitantes.

A responsável pelo turismo de Macau admitiu que o número de visitantes pode ascender aos 40 milhões em 2019, apesar da diminuição dos turistas internacionais devido à grave crise social e política da cidade vizinha de Hong Kong.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Macau

Clique para mais notícias: Taxa turística

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cidade de Wuhan recebe primeiro voo internacional desde Janeiro

18-09-2020 (13h09)

A cidade chinesa de Wuhan, primeiro local onde o novo coronavírus foi registado em Dezembro de 2019, recebeu o seu primeiro voo internacional desde Janeiro, quando o aeroporto foi encerrado devido à covid-19.

Voo euroAtlantic Lisboa - Dili confirmado para 20 de Setembro

07-09-2020 (15h10)

A euroAtlantic vai voar de Lisboa para Dili, em Timor-Leste, no próximo dia 20, confirmou ao PressTUR José Manuel Antunes, director-geral da Sonhando, operador turístico do grupo que está a comercializar os lugares disponíveis à partida de Portugal e no regresso de Timor.

Voo da euroAtlantic para Timor-Leste adiado até 17 de Setembro

02-09-2020 (13h59)

Um voo que a companhia aérea portuguesa euroAtlantic previa realizar para Timor-Leste no Domingo foi adiado até 17 de Setembro, confirmou à Lusa fonte da empresa.

Macau já testou mais de 53 mil trabalhadores nas seis operadoras de jogo

27-08-2020 (14h18)

Macau testou 53.025 trabalhadores nas seis operadoras de jogo no território até quarta-feira, dia em foram retomados os vistos turísticos da província de Guangdong, de onde vem a maioria dos jogadores, anunciaram hoje as autoridades.

Tailândia prolonga estado de emergência até ao final de Setembro

26-08-2020 (12h29)

As autoridades tailandesas prolongaram até 30 de Setembro o estado de emergência decretado para combater a covid-19.

Opinião e Análise