Macau anuncia voos para permitir a alunos universitários regressarem à Europa

07-08-2020 (13h31)

Foto: Unsplash / Element5 Digital
Foto: Unsplash / Element5 Digital

As autoridades de Macau anunciaram hoje a realização de cinco voos para a Europa a partir do aeroporto do território, para permitir o regresso dos estudantes inscritos em universidades no estrangeiro no próximo ano lectivo, incluindo portugueses.

"O Governo está preocupado com a aproximação do fim das férias de Verão e [com o facto] de os alunos que estudam no estrangeiro necessitarem de viajar para prosseguir os estudos", divulgaram as autoridades de Macau em comunicado.

Os cinco voos, com destino ao Reino Unido (Londres) e França, vão ser operados pela companhia aérea de Taiwan Eva Air, com escala na capital, Taipé, precisaram as autoridades na nota.

"À chegada, os alunos podem optar por viajar para Portugal e outros países e preparar-se para o início das aulas", pode ler-se na nota do executivo.

Os voos para Londres realizam-se nos dias 26 de Agosto e 9 e 23 de Setembro, segundo a mesma fonte. Além destes, estão previstos mais dois voos de Macau para França, via Taipé, nos dias 28 de Agosto e 4 de Setembro.

Na segunda-feira, o cônsul-geral de Portugal em Macau e Hong Kong, Paulo Cunha Alves, disse à Lusa que pelo menos duas dezenas de alunos portugueses no território aguardavam para saber como viajar para Portugal para frequentar estudos superiores, tendo alguns contactado o consulado com pedidos de informação.

O diplomata precisou nessa altura que era "difícil estimar" o total de alunos afectados pelas restrições às viagens impostas no território devido à pandemia de Covid-19.

De acordo com Paulo Cunha Alves, ao consulado chegaram "alguns pedidos de informação" de alunos, depois de as autoridades da Região Administrativa Especial de Macau [RAEM] anunciarem ser pouco provável que venha a ser reaberto um corredor marítimo com Hong Kong, de onde saem a maioria dos voos internacionais.

"Estamos em contacto com as autoridades da RAEM para as sensibilizar para o assunto, embora existam outras possibilidades, como seja o cumprimento da quarentena em Hong Kong antes de viajar para a Europa ou tentar efetuar ligações aéreas via Taipé ou Seul [capital da Coreia do Sul], a partir do aeroporto internacional de Macau", referiu ainda Paulo Cunha Alves.

Na quinta-feira, alguns pais de alunos finalistas da Escola Portuguesa de Macau estiveram reunidos com o cônsul, para solicitar ajuda na organização de um voo 'charter' para cerca de 40 alunos, segundo o jornal local Hoje Macau, com o diplomata a indicar que tal não seria viável, segundo a mesma fonte.
Macau foi dos primeiros territórios a identificar casos de infecção com a Covid-19, antes do final de Janeiro.

O território registou então uma primeira vaga de dez casos.

Seguiu-se outra de 35 casos a partir de Março, todos importados, uma situação associada ao regresso de residentes, muitos estudantes no ensino superior em países estrangeiros.

O último paciente diagnosticado com Covid-19, o 46.º no território desde que o surto começou, registou-se em 25 de Junho e recebeu alta hospitalar em 17 de Julho.

Desde o início de um plano que permite a marcação individual de testes de ácido nucleico, foram realizados 300 mil, anunciaram hoje as autoridades do território.

De acordo com a imprensa macaense, que cita o jornal de língua portuguesa Ponto Final, a directora do Turismo de Macau, Maria Helena de Senna Fernandes prevê que o número de chegadas de visitantes internacionais, que em 2019 representaram 7% dos 39,4 milhões de visitantes ao território, comece a recuperar em meados de 2021.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Ásia & Pacífico

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Marriott estreia marca Aloft no Japão

01-10-2020 (16h22)

A Marriott International abriu o primeiro hotel da sua marca Aloft no Japão, em Tóquio, uma unidade hoteleira com um design arrojado e cores brilhantes, num piscar de olho ao movimento cultural dos anos 1960 Miyuki-zoku.

Vistos de estudante ou de negócios vão permitir entrada no Japão

30-09-2020 (10h42)

O Japão vai permitir a entrada de estrangeiros com visto de estudante ou negócios a partir de 1 de Outubro, mas as fronteiras vão continuar fechadas para turistas, devido à pandemia, anunciaram hoje as autoridades.

Índia ultrapassa os seis milhões de pessoas infectadas com covid-19

28-09-2020 (12h27)

A Índia registou mais 82.170 casos de covid-19 nas últimas 24 horas e ultrapassou os seis milhões de pessoas infectadas desde o início da pandemia, anunciaram hoje as autoridades indianas.

Air Macau antecipa o dobro de passageiros em Outubro

25-09-2020 (16h15)

A companhia aérea Air Macau afirmou hoje que espera vir a ter o dobro do número de passageiros em Outubro, em comparação com o mês anterior, ainda assim muito longe do habitual em anos anteriores.

Macau vence quatro prémios da Associação de Turismo da Ásia Pacífico

24-09-2020 (17h47)

O Governo de Macau venceu quatro dos Gold Awards da Associação de Turismo da Ásia Pacífico, um recorde para o território, por iniciativas em diferentes áreas da atividade turística.

Opinião e Análise