Royal Air Maroc já abriu reservas para voos Casablanca - Pequim Daxing

12-09-2019 (14h31)

Foto: Boeing
Foto: Boeing

A companhia de aviação marroquina Royal Air Maroc (RAM), que voa para os aeroportos portugueses de Lisboa e do Porto, já abriu as reservas para os voos entre o seu hub de Casablanca e o novo aeroporto da capital chinesa, Pequim Daxing, que tem programado começar a 16 de Janeiro próximo.

A RAM tem programado fazer três de voos por semana em Boeing B787-9 Dreamliner, com partidas às segundas, quintas e Sábados de Casablanca e às terças, sextas e Domingos de Pequim.

Em horas locais, os voos partem às 17h00 de Casablanca (AT230) e têm chegada a Pequim prevista para as 11h55 do dia seguinte. No sentido inverso, também em horas locais, a partida de Pequim Daxing é às 13h55 e a chegada a Casablanca é às 19h55.

 

Clique para mais notícias: Royal Air Maroc

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Finnair retoma voos para a Ásia a 1 de Julho

29-05-2020 (16h25)

A Finnair, companhia de aviação com hub em Helsínquia que tem forte implantação no transporte aéreo de passageiros entre a Europa e a Ásia, retoma essas ligações a 1 de Julho, com 10 rotas.

Magnata do jogo de Macau Stanley Ho morre aos 98 anos

26-05-2020 (12h10)

O magnata do jogo de Macau Stanley Ho morreu hoje aos 98 anos, em Hong Kong, noticiou a imprensa local.

Air Macau programa para Junho 29 voos semanais em nove rotas

25-05-2020 (12h02)

A companhia de aviação Macaense programou para o mês de Junho 29 voos semanais em nove rotas, sobressaindo a rota Macau - Taipei Taouyuan com dois voos por dia à excepção das segundas-feiras, em que não há ligação.

Avião que caiu no Paquistão levava 98 pessoas a bordo - autoridades

22-05-2020 (16h19)

O avião da Pakistan International Airlines (PIA) que hoje se despenhou ao aproximar-se do aeroporto de Carachi, no Sul do Paquistão, transportava 98 pessoas a bordo, anunciaram as autoridades locais.

Macau anuncia plano de recuperação para o turismo

20-05-2020 (17h14)

Macau, que em 2019 recebeu quase 40 milhões de turistas, divulgou esta semana um plano para a recuperação do turismo a realizar em três fases.

Opinião e Análise