Associação vai criar rota gastronómica para valorizar queijos da região Centro

13-08-2020 (16h17)

A Associação do Cluster Agroindustrial do Centro (InovCluster) vai criar uma rota turística e gastronómica para valorizar e promover aquele produto regional, nomeadamente as marcas "Beira Baixa", "Serra da Estrela" e "Rabaçal".

"A nova rota pretende qualificar e valorizar um produto turístico capaz de melhorar a atractividade e dinamização turística da região e contempla os territórios da Beira Baixa (NUTT III DOP Queijos da Beira Baixa e Requeijão da Beira Baixa), da Serra da Estrela (região das DOP Queijo Serra da Estrela e Requeijão Serra da Estrela) e do Rabaçal (NUT III da Região de Coimbra e Região de Leiria)", refere em comunicado esta associação com sede em Castelo Branco.

Segundo o referido, a iniciativa já tem apoio financeiro garantido, numa candidatura aprovada pelo Turismo de Portugal e apresenta um investimento elegível aprovado de cerca de 327 mil euros, sendo 70% financiado pelo Programa de Apoio à Valorização e Qualificação do Destino.

A InovCluster refere igualmente que este projecto integra "a estratégia mais abrangente do Programa Valorização da Fileira do Queijo DOP da Região Centro".

Assumindo uma elevada importância estratégica, a rota permitirá alavancar também o Programa Valorização da Fileira do Queijo DOP da Região Centro.

"Ao estruturar e qualificar a oferta de um novo produto turístico, associando os Queijos com DOP ao território rural, às tradições e à gastronomia, diversificando as actividades a si ligadas e criando novas formas de rendimento e fixação da população no território, a rota pretende dar um novo impulso ao turismo e à economia local", lê-se na informação.

Citada na nota, a presidente da InovCluster, Cláudia Domingues Soares, afirma que a "aprovação desta iniciativa permitirá uma complementaridade entre vários parceiros fundamentais para o desenvolvimento, tanto do turismo da região, como da referida fileira dos queijos do Centro com Denominação de Origem Protegida (DOP).

A InovCluster, com sede nas instalações do Centro de Apoio Tecnológico Agroalimentar, em Castelo Branco, tem como objectivo o aumento da competitividade dos sistemas produtivos locais e regional e para a afirmação da região Centro de Portugal ao nível nacional e internacional.

Criada em 2009, conta com 176 associados entre empresas, associações, instituições de ensino superior, instituições de investigação e desenvolvimento (I&D) ligadas ao sector agroindustrial e agroalimentar e vários municípios da região Centro.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Antiga escola de Gavião vai ser centro interpretativo de percursos pedestres

01-10-2020 (17h37)

Uma antiga escola de Gavião, no distrito de Portalegre, vai ser reabilitada e transformada num centro interpretativo de percursos pedestres e centro de BTT, num investimento superior a 470 mil euros.

CCB quer fechar contrato este ano com Mota Engil para hotel e zona comercial

01-10-2020 (16h57)

O Centro Cultural de Belém (CCB) espera assinar ainda este ano o contrato com a construtora Mota Engil, para a construção e exploração de um hotel e zona comercial nos módulos que faltam ao edifício original.

Novo coronavírus já fez mais de 34 milhões de infectados no mundo

01-10-2020 (16h53)

Pelo menos 34.041.560 pessoas foram infectadas em todo o mundo com o novo coronavírus desde que este foi descoberto em Dezembro na China, indica um balanço às 11h00 TMG (12h00 em Lisboa) de hoje da agência France-Presse.

Viajantes para províncias angolanas obrigados a ficar em Luanda pelo menos oito dias

01-10-2020 (16h52)

Os passageiros cujo destino em Angola não seja Luanda são obrigados a cumprir uma quarentena de 8 a 14 dias na capital, em local autorizado pelas autoridades sanitárias, antes de poderem viajar para outras províncias.

África do Sul proíbe entrada de turistas de Portugal por ser de “alto risco”

01-10-2020 (16h43)

Os turistas oriundos de Portugal não vão ser autorizados a entrar na África do Sul, quando o país africano reabrir as fronteiras internacionais na quinta-feira, anunciou o ministro do Interior sul-africano.

Opinião e Análise