Charters para réveillon no Brasil estão esgotados desde Agosto, Solférias

26-09-2019 (16h28)

O mercado está a responder cada vez melhor à antecipação da venda de viagens, e exemplo disso é que as operações charter para o réveillon no Brasil estão esgotadas desde Agosto, revelou Sónia Regateiro, directora Comercial do operador turístico Solférias.

“Estamos a trabalhar com muita antecedência face ao que acontecia há uns anos. Hoje em dia já temos programação online válida até 31 de Outubro de 2020. A tendência, haja resposta e aprovação de slots por parte das companhias aéreas, é que as operações saiam mais cedo”, comentou Sónia Regateiro ao jornalistas ontem em Lisboa, na apresentação para agentes de viagens da programação de Inverno da Solférias.

A primeira operação de Fim de Ano que a Solférias lançou em parceria com outros operadores turísticos este ano foi para o Brasil, com um voo Lisboa – Salvador a 26 de Dezembro, um Porto – Salvador também a 26 de Dezembro e um Lisboa – Porto – Natal a 27 de Dezembro.

Estas operações “a 15 de Agosto já estavam esgotadas”, revelou Sónia Regateiro. Os operadores estão a “analisar a viabilidade de uma quarta operação para o Brasil, mas o mercado brasileiro que nos permite a venda do empty leg de lá para cá não está a reagir em conformidade”. Por outro lado, “temos estado a procurar alterações de equipamento para voltar a ter abertura de lugares, mas não está a ser fácil”.

Para continuar a ter disponibilidade para o réveillon no Brasil, “a Solférias também fez muitos bloqueios em voos regulares, quer da TAP quer da Cabo Verde Airlines”.

A principal novidade da programação para este Fim de Ano, porém, foi a contratação de um voo charter Porto – Ilha do Sal, que “foi muito bem recebido e está com números muito interessantes”.

A operação Porto – Sal junta-se aos voos contratados de Lisboa para o Sal e para a Boavista, além de voos regulares. A venda da programação de Fim de Ano para “Cabo Verde está a correr muito bem, está muito equilibrado”, de acordo com a executiva.

Para o réveillon no Funchal, a Solférias está em parceria com outros operadores nos voos charter de Lisboa e do Porto no dia 28 de Dezembro, e no voo extra de Lisboa a 29. “Vamos ver o andamento da carruagem. Desde que haja aviões, nós estamos sempre disponíveis para meter voos extra”, comentou Sónia Regateiro.

Ainda para o arquipélago da Madeira, o operador voltou a programar pacotes de três noites para o Réveillon em Porto Santo, “uma experiência que já tínhamos feito e que correu muito bem”.

A Solférias integra ainda uma operação charter para o Fim de Ano em Marraquexe, com voos de Lisboa e do Porto. É “um produto que custa a arrancar, que habitualmente se vende mais à última hora. Não é um produto que reaja tão rápido como o Brasil, Cabo Verde ou Funchal”.

Sobre os programas com voos regulares, Sónia Regateiro afirmou que há vários destinos de longo curso que se têm destacado na programação do operador, incluindo Tailândia, Maldivas, Maurícia, Bali, Filipinas.

Ver também:


Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Presidente brasileiro confirma estar infectado com o novo coronavírus

07-07-2020 (16h36)

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, confirmou já que está infectado com o novo coronavírus, um dia depois de relatar sintomas e realizar um teste num hospital Militar, em Brasília.

Avianca Brasil pede falência

07-07-2020 (12h18)

A Avianca Brasil (Oceanair Linhas Aéreas), do grupo dos irmãos Efromovich, pediu falência à Justiça, por não ter condições de cumprir o plano de pagamento de uma dívida estimada em cerca de 2,7 mil milhões de reais, cerca de 448 milhões de euros.

Feira de turismo ABAV Expo em São Paulo adiada para 2021

03-07-2020 (15h02)

A 48ª edição da feira internacional de turismo ABAV Expo, que estava marcada para os dias 23 a 25 de Setembro, em São Paulo, foi adiada para 2021, anunciou a organização, que em contrapartida vai promover um evento virtual que pretende “marcar a retomada dos negócios do sector turístico ainda em 2020”.

Azul anuncia venda da participação na TAP ao Governo português

03-07-2020 (14h03)

A Azul anunciou hoje que chegou a acordo com o Governo português para vender a sua participação indirecta na TAP de 6%, por aproximadamente 65 milhões de reais (10,84 milhões de euros), e abdicar do direito de conversão dos bónus séniores de 90 milhões de euros que venciam em 2026.

Gastos dos brasileiros em turismo no estrangeiro caem 54% de Janeiro a Maio

25-06-2020 (14h51)

Os brasileiros despenderam em turismo no estrangeiro de Janeiro a Maio menos 3.948,60 milhões de dólares que há um ano, com um decréscimo em 54,2%, que evidencia o impacto da pandemia de covid-19 no fluxo de viagens no Brasil, que é um dos principais emissores para Portugal.

Opinião e Análise