Gastos dos brasileiros em turismo no estrangeiro caem 85,9% em Julho

26-08-2020 (16h46)

A despesa de turistas brasileiros em turismo no estrangeiro caíram  85,9% ou 1.631,1 milhões de dólares em Julho, que em 2019 tinha sido o melhor mês do ano, com os gastos a atingirem 1.898,09 milhões, de acordo com os dados publicados pelo Banco Central do Brasil.

Julho é tradicionalmente um mês de férias escolares no Brasil e em que se concentram muitas viagens ao estrangeiro, pois nas férias de Janeiro os brasileiros aproveitam o Verão nas suas praias e nem admitem sair do país pelo Carnaval.

Ainda assim, este ano, com o turismo mundial destroçado pela pandemia de covid-19, os gastos dos brasileiros em turismo no estrangeiro ficaram nuns escassos 266,96 milhões de dólares, 7,1 vezes menos que em Julho de 2019.

Mas os gastos de turistas estrangeiros no Brasil também caíram drasticamente no mês de Julho, ficando abaixo do mês homólogo de 2019 em 76,5% ou 457,80 milhões de dólares, em 140,32 milhões.

A quebra mais drástica, porém, foi no défice de turismo internacional, que foi 10,2 vezes menor que em Julho de 2019, ficando em 126,64 milhões.

Os dados do Banco Central do Brasil para o conjunto dos primeiros sete meses deste ano indicam que os gastos dos seus residentes em turismo no estrangeiro estão em 3.840,38 milhões de dólares, -64,1% ou menos 6.864,22 milhões que no período homólogo de 2019.

A quebra de gastos de turistas estrangeiros no Brasil, por sua vez, é de 43,6% ou 1.602,49 milhões de dólares, para 2.071,83 milhões.

O Brasil tem assim um défice pelas viagens internacionais de 1.768,56 milhões de dólares, melhor 74,8% ou 5.261,74 milhões de dólares que no período homólogo de 2019.

No primeiro semestre deste ano, a hotelaria portuguesa recebeu 221,1 mil turistas residentes no Brasil, que realizaram 540,4 mil dormidas.

Relativamente ao período homólogo de 2019 registam-se quebras em 62,9% ou 374,8 mil turistas e em 60,9% ou 840,1 mil dormidas.

Os gastos dos brasileiros em Portugal, por sua vez, têm uma quebra em 56,3% ou 186,2 milhões de euros, ficando em 144,7 milhões.

Em 2019, os brasileiros foram a 6ª nacionalidade com mais gastos em Portugal, com o montante de 734,9 milhões de euros.

 

Clique para mais notícias: Balança brasileira das Viagens e Turismo

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Brasil suspende restrição à entrada de estrangeiros por via aérea

28-09-2020 (11h12)

Governo do Brasil suspendeu as restrições à entrada de estrangeiros no país por via aérea devido à pandemia de covid-19, mas mantém a proibição de entrada por vias terrestres e aquáticas.

Quebra de gastos dos brasileiros em turismo no estrangeiro atenuou-se em Agosto

23-09-2020 (16h10)

A quebra de gastos dos brasileiros em turismo no estrangeiro atenuou-se em Agosto para 79,4%, mantendo-se, no entanto, acima dos 1.000 milhões de dólares, de acordo com os dados divulgados hoje pelo Banco Central do Brasil.

TAP foi a companhia que mais passageiros transportou de/para o Brasil em Agosto

21-09-2020 (16h48)

A TAP foi a companhia aérea líder em transporte internacional de/para o Brasil, com um total 33% superior à segunda maior, a brasileira LATAM, e 166,7% mais que as terceiras maiores, a alemã Lufthansa, a norte-americana United e a brasileira Azul.

PortoBay já reabriu hotéis em todos os destinos onde está presente

10-09-2020 (11h11)

O grupo hoteleiro português PortoBay anunciou que voltou a ter hotéis abertos em todos os destinos onde está presente, em Portugal e no Brasil.

GOL reduziu operação em Agosto em 70,7%

08-09-2020 (16h36)

A GOL, maior companhia de aviação no mercado doméstico brasileiro, indicou que este Agosto reduziu a sua operação em 70,7%, por total ausência de ligações internacionais e redução em 65,6% no mercado doméstico.

Ultimas Noticias

Opinião e Análise