TAP revela que este ano só em Setembro teve crescimento da receita no Brasil

08-10-2019 (13h08)

Foto: TAP
Foto: TAP

A TAP, que tem tido no Brasil o seu maior mercado em receita de passagens, informou hoje que Setembro foi o primeiro mês este ano em que teve crescimento da receita no mercado brasileiro.

“Destaca-se ainda que Setembro foi o primeiro mês no ano em que o mercado do Brasil teve receita maior que o ano passado”, diz o comunicado a propósito de alguns indicadores de tráfego no mês passado e no acumulado dos primeiros nove meses.

Há 18 dias, a 20 de Setembro, a companhia estava a apontar a “quebra de receitas de passagens do Brasil de EUR 43,1 milhões”, como uma das causas principais do prejuízo de 119,7 milhões de euros no primeiro semestre.

O foco da sua informação hoje à CMVM, subscrita pelo seu CFO e Representante para as Relações com o Mercado de Capitais e a CMVM, Raffael Guarita Quintas Alves, é de que os seus “números confirmam a consolidação da recuperação” que “tem registado a partir do segundo trimestre”.

Esses números indicam que em Setembro a TAP transportou 1,6 milhões de passageiros, com um aumento em 10,5% ou 155 mil em relação ao mês homólogo de 2018, e que no conjunto dos primeiros nove meses deste ano totalizou 12,9 milhões, +7,2% ou mais 868 mil que nos primeiros nove meses de 2018.

A informação da TAP mostra que o maior contributo para o aumento de passageiros no mês de Setembro foi dos voos de/para os Estados Unidos, em que teve um aumento de 30 mil, seguido das ligações com a Suíça, com mais 14 mil, Reino Unido, com mais 13 mil, Itália, com mais 12 mil, e Alemanha, também com mais 12 mil.

A informação mostra que depois estiveram as linhas do Brasil, com mais 9,6 mil, a que se seguiu a Madeira, com mais nove mil, e, depois, entre as linhas intercontinentais, para as quais a melhor avaliação é o tráfego em RPK (passageiros x quilómetros voados), mas que a TAP não revela, estiveram Cabo Verde, com mais 5,5mil, Angola, com mais três mil, e Canadá, com mais 2,1 mil.

A informação da TAP, porém, não revela se teve os aviões mais cheios ou mais vazios, pois não indica taxas de ocupação e, designadamente, se os aumentos de passageiros que indica foram superiores ou inferiores a aumentos de capacidade.

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP requer teste molecular RT-PCR para viajantes do Brasil para Portugal

06-08-2020 (17h30)

A TAP Air Portugal, de acordo com o que foi determinado pelas autoridades portuguesas, requer um teste molecular RT-PCR à Covid-19 negativo a todos os viajantes do Brasil para Portugal.

GOL reduziu operação em 19,2 mil voos no mês de Julho

05-08-2020 (14h04)

A GOL, maior companhia de aviação brasileira em voos domésticos, indicou hoje que em Julho, mês tradicionalmente de férias escolares no Brasil, teve uma operação doméstica com -78% ou menos 19,2 mil voos que no mês homólogo de 2019.

Azul de David Neeleman atenua quebra de tráfego em Julho

05-08-2020 (12h32)

A companhia de aviação brasileira Azul, fundada e presidida pelo ex-accionista da TAP David Neeleman, teve em Julho, mês tradicionalmente de férias escolares no Brasil, um aumento de tráfego face a Junho em 40,7%, mas ainda ficou 77,6% abaixo de Julho de 2019.

Brasil conta mais de 94 mil mortos e de 2,7 milhões de infectados com covid-19

03-08-2020 (10h44)

O Brasil tem confirmados até hoje 94.104 mortos e 2.733.677 milhões de pessoas infectadas com covid-19, informou o Ministério da Saúde num site com dados sobre a pandemia.

Portugal renova interdição de turistas do Brasil, Estados Unidos, Canadá e China

31-07-2020 (14h16)

As novas regras para quem viaja de avião de/para Portugal, em vigor desde as 24h00 de hoje, mantém o país ‘fechado’ aos quatro mercados emissores de turistas que mais estavam a crescer e a compensar alguma estagnação da Europa.

Opinião e Análise