Governo prolonga interdição do desembarque de cruzeiros até 15 de julho

30-06-2020 (18h38)

A interdição do desembarque e licenças para terra de passageiros e tripulações dos navios de cruzeiro nos portos portugueses foi novamente prolongada pelo Governo, até às 23h59 de 15 de Julho, segundo um despacho hoje publicado.

O despacho n.º 6756-A/2020, publicado em suplemento do “Diário da República” para produzir efeitos a partir das 00h00 de quarta-feira, admite nova prorrogação do diploma “em função da evolução da situação epidemiológica em Portugal”.

A proibição do desembarque de passageiros de navios cruzeiros foi imposta, pela primeira vez, em 13 de março e tem vindo a ser sucessivamente prolongada pelo Governo.

O executivo, no preâmbulo do despacho, lembra que esta interdição, e respectivas prorrogações, se justificam como “medida de contenção das possíveis linhas de contágio, de modo a controlar a disseminação do vírus SARS-CoV-2 e da doença covid-19”, sendo que “a situação epidemiológica, quer em Portugal quer noutros países, não se mostra ainda totalmente controlada”.

Diz ainda que o prolongamento da interdição até meados de Julho tem em consideração que “a experiência internacional demonstra o elevado risco decorrente do desembarque de passageiros e tripulações dos navios de cruzeiro”.

Tal como tem acontecido desde 13 de Março, a interdição dos navios de cruzeiro nos portos nacionais não se aplica aos cidadãos nacionais ou aos titulares de autorização de residência em Portugal.

Os navios de cruzeiro também continuam a estar autorizados a atracar nos portos nacionais para abastecimento, manutenção e espera (em lay-up) de reparação naval.

O prolongamento da interdição também “não prejudica o desembarque em casos excepcionais ou urgentes, mediante autorização da autoridade de saúde, nomeadamente por razões humanitárias, de saúde ou para repatriamento imediato”, ressalva o executivo no diploma.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Cruzeiros

 

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Charters para as Caraíbas cancelados em Julho e Agosto

08-07-2020 (18h44)

As praias e resorts das Caraíbas, tanto da Dominicana como do México e de Cuba, que todos os anos atraem milhares de portugueses que viajam com pacotes turísticos, este ano não os vão ter, pelo menos nos meses de ‘pico’ de Verão, pois os voos charter já estão cancelados.

Havana começa a desconfinar e Cayos podem abrir ao turismo internacional na sexta-feira

02-07-2020 (09h31)

Havana vai iniciar a primeira fase do programa de desconfinamento esta sexta-feira, dia 3, enquanto as restantes províncias, excepto Matanzas, passam à segunda etapa, que significa que os Cayos podem reabrir ao turismo internacional, “dependendo da procura”.

República Dominicana reabre hoje ao turismo com “fortes medidas sanitárias”

01-07-2020 (16h52)

O Turismo da República Dominicana anunciou que o país reabriu hoje ao turismo internacional, tendo implementado “fortes medidas sanitárias” nos aeroportos, que são a principal porta de entrada dos turistas.

RIU reabre hotéis em todos os destinos onde está presente nas Caraíbas

30-06-2020 (18h29)

A RIU Hotels, que já reabriu vários hotéis no México, anunciou que vai reabrir resorts em todos os destinos onde está presente nas Caraíbas, designadamente na República Dominicana, em Aruba, nas Bahamas e na Jamaica.

Bahia Príncipe reabre amanhã seis resorts

30-06-2020 (16h13)

O grupo Piñero, a que pertence também a Soltour, maior operador turístico em vendas em Portugal, confirmou a reabertura amanhã de seis resorts em Maiorca, Tenerife, República Dominicana, México e Jamaica.

Opinião e Análise