Diversificar a oferta é “quase impossível” para os operadores turísticos, José Manuel Antunes

29-01-2019 (11h51)

A falta de capacidade aeroportuária em Lisboa “é uma limitação gravíssima que o mercado está a ter” e que está tornar “quase impossível” para os operadores turísticos aumentar a oferta e criar novos produtos, segundo José Manuel Antunes, director do operador turístico Sonhando.

"Conseguir preservar os slots que já temos do ponto de vista histórico já é uma sorte. Aumentar é muito difícil. Neste momento estamos limitadíssimos sobretudo nas saídas de Lisboa", disse o director da Sonhando ao PressTUR, numa conversa sobre a programação do operador turístico para este ano, durante a Fitur, em Madrid.

"Por exemplo, para Cuba, se tivessemos a ideia de fazer um terceiro voo para outro destino cubano, ou até mesmo reforçar algum dos destinos que já se fazem, isso seria praticamente impossível em termos de slots do aeroporto", continuou José Manuel Anuntes.

"É uma limitação gravíssima que o mercado está a ter. Estamos a ser espartilhados pela ineficiência que houve durante estes anos para tomar decisões sobre o aeroporto de Lisboa", frisou o director da Sonhando, operador turístico detido pela euroAtlantic.

Essa falta de capacidade aeroportuária, para os operadores turísticos, "reflecte-se até na estagnação da própria criatividade. Se quisermos fazer novos destinos o aeroporto vai negar os slots", acrescentou José Manuel Antunes.

O Estado português e a ANA Aeroportos, subsidiária da Vinci, assinaram em Janeiro um acordo de financiamento para a expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa, que prevê a extensão do Aeroporto Humberto Delgado e a transformação da base aérea do Montijo em aeroporto civil, cujo início de funcionamento está previsto para 2022 (clique para ler: Acordo para expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa prevê investimento de 1,15 mil milhões até 2028).

 

Continua:

Sonhando vai investir mais na promoção de São Tomé junto dos agentes de viagens, José Manuel Antunes

 

Clique para ver mais: Sonhando

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

AHP propõe à Booking que aceite protelar devolução de dinheiro de reservas canceladas

29-05-2020 (19h13)

A AHP – Associação da Hotelaria de Portugal anunciou ter proposto à Booking, maior agência online em venda de estadas na hotelaria, que leve em conta as suas dificuldades de tesouraria e aumentem os prazos de devolução das reservas canceladas pela covid-19.

Croácia reabre fronteiras de forma plena para 10 países da UE

29-05-2020 (18h43)

A Croácia reabriu hoje as fronteiras, de forma plena, para os cidadãos de 10 países da União Europeia (UE), numa tentativa de retomar a actividade turística, sector fundamental para a economia croata e fortemente atingido pela actual pandemia.

Passageiros numa ilha dos Açores com destino final outra deixam de ter de seguir viagem em 24 horas

29-05-2020 (18h35)

Os passageiros que se encontrem numa ilha dos Açores que não seja a do seu destino final deixam de estar obrigados a seguir viagem até 24 horas após a sua chegada, anunciou o presidente do Governo Regional.

Governo adia levantamento de algumas restrições na Área Metropolitana de Lisboa

29-05-2020 (18h25)

O primeiro-ministro anunciou hoje que o Governo decidiu adiar para a Área Metropolitana de Lisboa o levantamento de restrições decretadas para travar a expansão da covid-19.

SATA retoma ligações entre Lisboa e os Açores a 15 de Junho

29-05-2020 (18h24)

A Azores Airlines, do grupo SATA, vai retomar a 15 de Junho as ligações aéreas entre Lisboa e Ponta Delgada e Lisboa e a Terceira, bem como entre o Funchal e Ponta Delgada.

Opinião e Análise