Dominicana teve menos 11,8% de turistas residentes em Portugal no ano de 2019

20-01-2020 (16h39)

Foto: www.godominicanrepublic.com
Foto: www.godominicanrepublic.com

A República Dominicana, primeiro destino de férias dos portugueses nas Caraíbas, recebeu 35.766 turistas residentes em Portugal no ano de 2019, de acordo com os dados divulgados pelo seu banco central que, assim, mostram uma quebra em 11,8% ou quase 4,8 mil.

A informação oficial mostra que a queda foi especialmente forte nos dois aeroportos dominicanos por onde os turistas chegam em voos directos de Lisboa, designadamente Punta Cana, primeiro destino dos portugueses na Dominicana, e del Catey, que serve Samaná, destino promovido pelo operador Soltour.

Ao Aeroporto de Punta Cana chegaram no ano passado 31.374 turistas residentes em Portugal, significando uma quebra em 12,9% ou 4,6 mil, enquanto pelo Aeroporto del Catey chegaram 2.103, com uma quebra em 10,1% ou perto de 240.

O terceiro aeroporto por onde chega um número significativo de turistas residentes em Portugal é o Aeroporto de Las Américas, que serve a capital do país, e que é ‘porta de entrada’ dos portugueses que viajaram em voos regulares com origem noutros países europeus, nomeadamente Espanha.

A informação do Banco Central da Dominicana indica que em 2019 chegaram ao Aeroporto de Las Américas 2.234 turistas residentes em Portugal, +5% ou mais cerca de uma centena que no ano de 2018, que assim continua a ser o segundo melhor ano de sempre, com 40.545 turistas residentes em Portugal, depois de 2009, em que 42.730 turistas residentes em Portugal estiveram no país.

A mesma informação permite ver que 2019 foi o 4º melhor ano de sempre em número de turistas portugueses na Dominicana, depois de 2010, em que foram 36.941.

A quebra este ano está associada a redução do número de voos directos, que são promovidos pelo grupo Ávoris, através da sua companhia aérea Orbest e que faz parceria com o operador Soltour, que tradicionalmente compra a maioria dos lugares, para ‘alimentar’ os resorts do seu grupo, o Bahia Príncipe.

Além disso, a quebra poderá estar associada às notícias sobre mortes estranhas de turistas americanos na Dominicana, que tiveram bastante repercussão em alguns mercados.

Os dados oficiais indicam que apenas no segundo trimestre de 2019 não houve quebra das chegadas à Dominicana de turistas portugueses, e que a quebra foi especialmente forte no primeiro, em que o destino teve menos 3,1 mil (-52%) chegadas de residentes em Portugal, caindo para um total de 2,9 mil.

O melhor trimestre, como tradicionalmente, foi o terceiro, que é época alta em Portugal, com 14,7 mil chegadas, ainda assim menos cerca de 1,4 mil (-8,7%) que no período homólogo de 2018.

No segundo trimestre, o único em que houve aumento das chegadas à Dominicana de turistas residentes em Portugal, o total elevou-se a 12,1 mil, em alta de 8,8% ou quase 980.

No quarto trimestre o número de turistas portugueses na Dominicana teve uma queda em 16,7% ou 1,2 mil, para cerca de seis mil.

 

Clique para mais notícias: República Dominicana

Clique para mais notícias: Turistas portugueses

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Noruega desaconselha todas as viagens para o exterior devido a aumento de casos

07-08-2020 (18h25)

O Governo norueguês desaconselhou hoje quaisquer viagens para o estrangeiro, inclusive para os destinos de onde é possível regressar sem fazer uma quarentena, devido ao aumento de casos Covid-19 em todo o continente europeu.

Sopa da Pedra e Caralhotas de Almeirim conquistam certificações

07-08-2020 (17h50)

A Sopa da Pedra e as Caralhotas de Almeirim (pão pequeno cozido no forno a lenha) conquistaram selos de certificação em Portugal, anunciou o município de Almeirim, apontando um "reconhecimento da genuinidade" e uma "mais valia económica e turística".

Tourism Explorers regressa a Setúbal para encontrar empreendedores

07-08-2020 (17h29)

O programa nacional de criação e aceleração de startups na área do turismo, Tourism Explorers, vai regressar a Setúbal para apostar “na capacitação de empreendedores”, informou o Instituto Politécnico de Setúbal (IPS).

Macau anuncia voos para permitir a alunos universitários regressarem à Europa

07-08-2020 (13h31)

As autoridades de Macau anunciaram hoje a realização de cinco voos para a Europa a partir do aeroporto do território, para permitir o regresso dos estudantes inscritos em universidades no estrangeiro no próximo ano lectivo, incluindo portugueses.

Aeroportos europeus perderam perto de 1.000 milhões de passageiros até ao fim de Julho

07-08-2020 (13h04)

Julho foi mais um mês de grande quebra de passageiros nos aeroportos europeus, informou hoje o Airports Council International (ACI), que avançou a estimativa de uma quebra de 208 milhões no mês, acrescentando que, dessa forma, desde o início do ano os aeroportos europeus estão com menos 969 milhões e passageiros que no período homólogo de 2019.

Opinião e Análise