Egipto estima quebra de receitas turísticas de cerca de 31,25%

14-04-2020 (13h13)

Foto: Image Tours
Foto: Image Tours

O Egipto estima uma quebra de receitas no sector do turismo na ordem dos 31,25% (5.000 milhões de dólares, cerca de 4.577 milhões de euros) em relação às previsões efectuadas no início do ano fiscal, em Julho, devido à pandemia do novo coronavírus.

A ministra da Planificação egípcia, Hala al Said, explicou numa conferência de imprensa que o Governo esperava realizar um encaixe histórico de 16.000 milhões de dólares no sector do turismo no ano fiscal de 2019/20, que no Egipto decorre entre Julho e Junho, mas que afinal atingirá apenas 11.000 milhões.

 A titular da pasta do sector não avançou mais pormenores, mas o turismo no Egipto estava a ter uma boa época alta, que decorre entre Outubro e Abril, quando as temperaturas são mais baixas, até à chegada da covid-19, que já infectou mais de 2.100 pessoas e causou 164 mortos no país.

 O país registou 900.000 visitantes em Fevereiro, mais 4% que no mesmo mês do ano anterior, segundo dados do Ministério do Turismo que, em 21 de Março, se viu forçado a encerrar todos os museus e locais arqueológicos, incluindo o Museu Egípcio e o Complexo das Pirâmides de Gizé.

 Todos os voos com partida e destino no Egipto estão também suspensos até ao final do mês.

 O turismo é uma das principais fontes de receita do Egito, mas tem sofrido diversos golpes desde a Revolução da Primavera Árabe, em 2011, o último dos quais aquando da explosão de um avião russo no final de 2015. O sector encontrava-se em recuperação desde 2018, com mais de 10 milhões de visitantes por ano.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Companhia aérea brasileira Azul regista prejuízo de 450 milhões de euros no segundo trimestre

14-08-2020 (18h45)

A companhia aérea brasileira Azul registou um prejuízo de 2,9 mil milhões de reais (450 milhões de euros) no segundo trimestre de 2020, segundo balanço financeiro divulgado pela empresa.

Lojas de Macau aderem a campanha para atrair mercado da China continental

13-08-2020 (16h55)

Mais de 20 mil lojas de Macau participam numa campanha promocional do território no mercado da China continental, para aproveitar o anunciado recomeço gradual da emissão de vistos no país, foi hoje anunciado.

Associação vai criar rota gastronómica para valorizar queijos da região Centro

13-08-2020 (16h17)

A Associação do Cluster Agroindustrial do Centro (InovCluster) vai criar uma rota turística e gastronómica para valorizar e promover aquele produto regional, nomeadamente as marcas "Beira Baixa", "Serra da Estrela" e "Rabaçal".

Brasileira Azul lança empresa de aviação regional

12-08-2020 (20h37)

A companhia aérea brasileira Azul lançou na terça-feira uma nova subsidiária para o mercado de voos regionais, denominada Azul Conecta, que pretende chegar a 200 cidades nos próximos anos.

ATA investe em campanha publicitária no Reino Unido

12-08-2020 (17h38)

A Associação Turismo do Algarve (ATA) vai reforçar a mensagem de que a região é um destino seguro junto do Reino Unido, através de uma campanha publicitária que será emitida na estação de televisão Channel 5, foi hoje anunciado.

Opinião e Análise