Barceló vende hotel Formentor por 165 milhões de euros

15-12-2020 (13h29)

Foto: Barceló
Foto: Barceló

O Grupo Barceló vendeu por 165 milhões de euros o seu hotel Formentor, em Maiorca, uma unidade inaugurada em 1929 e onde ficaram hospedadas grandes personalidades intelectuais como Jorge Luis Borges ou Samuel Becket.

A lista de celebridades que passou pelo hotel inclui ainda Chaplin, Audrey Hepburn e Grace Kelly, mas o mais ilustre hóspede do Formentor, segundo o jornal espanhol “El Mundo”, foi o britânico Winston Chruchill, que ali encontrou refúgio pela primeira vez em 1935 para reflectir sobre a sua estratégia política, numa altura em que Hitler dominava a Alemanha.

O Grupo Barceló comprou o hotel de 127 quartos em 2006 por 36 milhões de euros e vendeu-o agora por 165 milhões de euros ao fundo andorrano Emin Capital.

O acordo de venda foi celebrado em 2019, de acordo com o Grupo Barceló, que assim desvincula o negócio dos efeitos da pandemia de covid-19.

O “El Mundo” avança que o Formentor vai ser alvo de uma renovação para reabrir em 2023 com a marca Four Seasons e a ambição de ser o mais luxuoso hotel no Mediterrâneo.

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Barceló

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vendas de voos pelas agências de viagens IATA espanholas caíram 4.137 milhões de euros

18-01-2021 (15h48)

As vendas de voos regulares pelas 3.930 agências de viagens espanholas que integram o BSP (do inglês para Billing and Settlement Plan), sistema da IATA para a regularização das vendas de voos pelas agências de viagens, caíram 4.137 milhões de euros em 2020.

Orbest e Evelop assinam acordo com o Sabre para distribuição e gestão operacional

15-01-2021 (17h10)

As companhias aéreas Orbest e Evelop assinaram um acordo com o Sabre para vender os seus voos nos sistemas de reservas da tecnológica e para usar as suas soluções de gestão de inventário e de gestão operacional.

Globalia e Barceló criam holding para gerir fusão e apoio estatal

15-01-2021 (13h15)

Os grupos Globalia e Barceló, em processo de fusão das suas divisões de viagens, criaram uma nova empresa chamada Ávoris Corporación Empresarial SL, que será a holding do novo grupo e que deverá receber até ao fim do mês o apoio estatal de 240 milhões de euros.

Lisboa concentrou 64,4% dos passageiros que voaram Espanha – Portugal em 2020

14-01-2021 (17h39)

Lisboa reforçou em 2020 a liderança dos aeroportos portugueses em número de passageiros de voos entre Portugal e Espanha, ainda que tenha sofrido uma quebra em 73,2% ou 2,5 milhões.

Em ano de pandemia, voos entre Portugal e Espanha perdem 4,2 milhões de passageiros

14-01-2021 (17h17)

O movimento de passageiros em voos entre Portugal e Espanha sofreu uma quebra de 74,7% em 2020, ano da pandemia de covid-19, que levou mesmo à interrupção das ligações por três meses, entre Abril e Junho.

Opinião e Análise