Espanha regista ligeiro aumento diário de mortes para 185

05-05-2020 (13h07)

Foto: Unsplash / Alberto Frias
Foto: Unsplash / Alberto Frias

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 185 mortes devido à pandemia de covid-19, um ligeiro aumento em relação a segunda-feira, embora seja o terceiro dia consecutivo abaixo dos 200, havendo até agora um total de 25.613 óbitos

De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, há 867 novos casos positivos, um número abaixo dos 1.000 que se verifica também nos últimos dias, elevando para 219.329 o total de infectados confirmados pelo teste PCR, o mais fiável na detecção do vírus.

Os números diários indicam ainda que, nas últimas 24 horas, foram hospitalizados 720 doentes, num total de 119.609 casos que precisaram de ser internados.

O Governo espanhol deverá hoje solicitar formalmente ao parlamento o prolongamento por mais duas semanas do estado de emergência que tem sido periodicamente dilatado desde que entrou em vigor em meados de Março.

O executivo minoritário de esquerda ainda não tem garantido o apoio necessário para aprovar a quarta prorrogação deste período excepcional, já que a maior formação da oposição, o Partido Popular (direita), ainda não definiu o seu sentido de voto.

A Espanha iniciou na segunda-feira a primeira fase de alívio das medidas em vigor de luta contra a covid-19, com a abertura parcial do pequeno comércio, como barbearias, cabeleireiros e restaurantes que passam a vender comida para levar.

Depois de um confinamento da população que começou em meados de Março, o desmantelamento das medidas impostas vai ser realizado por etapas até ao final de Junho, para evitar uma nova onda de contaminação.

Espanha é o segundo país com mais mortos com a pandemia por cada milhão de habitantes (544 óbitos), depois da Bélgica (692) e antes da Itália (481), Reino Unido (423) e França (386), numa lista em que os Estados Unidos têm 211 e Portugal 104.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 250 mil mortos e infectou mais de 3,5 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, alguns países começaram a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos a aliviar diversas medidas.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Iberia reduz estrutura para enfrentar a crise provocada pela covid-19

17-09-2020 (16h31)

A Iberia está a reorganizar a sua estrutura para enfrentar a crise provocada pela pandemia de covid-19 e preparar a recuperação gradual da procura, tendo reduzido número de direcções da sua comissão directiva.

TAP tem quebra de passageiros mais forte que o mercado dos voos Portugal – Espanha

14-09-2020 (17h43)

A TAP, que interrompeu totalmente os voos de/para Espanha nos meses de Abril a Junho, inclusive, está a ter uma retoma difícil, com quebras mais fortes que o tráfego total entre os dois países ibéricos.

Quebra de passageiros em voos entre Espanha e Portugal atingiu 80,9% em Agosto

14-09-2020 (17h32)

Os voos entre Espanha e Portugal, que entre Junho e Setembro do ano passado superaram sempre o meio milhão de passageiros por mês, este Agosto ficaram nuns escassos 109,5 mil, com uma quebra homóloga em 80,9% ou 464,1 mil.

Espanha atinge novo recorde diário de novos casos de covid-19 com 12.183

11-09-2020 (17h43)

Espanha contabilizou hoje 12.183 novos casos de covid-19, o número diário mais elevado desde o início da pandemia, e atinge o total de 566.326 infectados, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol.

Javier Sánchez-Prieto volta à Iberia como presidente e CEO

10-09-2020 (11h45)

O IAG formalizou a nomeação de Javier Sánchez-Prieto como presidente e CEO da Iberia, substituindo no cargo Luis Gallego, que assumiu a gestão executiva do grupo.

Opinião e Análise