Iberia assina acordo para comprar a Air Europa por metade do preço inicial

20-01-2021 (10h28)

Foto: Air Europa
Foto: Air Europa

A Iberia, que em Novembro de 2019 anunciava a compra da Air Europa por mil milhões de euros, assinou um novo acordo para comprar a companhia aérea da Globalia por 500 milhões de euros, que pagará apenas em 2026.

O IAG, que junta a companhias Iberia, British Airways, Vueling, Aer Lingus e Level, sublinha em comunicado que o acordo está condicionado a uma "negociação satisfatória" entre a Iberia e a holding espanhola de participações estatais SEPI, que concedeu um empréstimo à Air Europa de 475 milhões de euros em 2020.

A conclusão da aquisição da Air Europa pela Iberia está prevista ocorrer no segundo semestre deste ano, estando ainda sujeita a aprovação da Comissão Europeia.

O IAG defende que a compra da Air Europa é "estrategicamente importante para o futuro do IAG e da Iberia", designadamente por "aumentar a importância do hub do IAG em Madrid, transformando-o num verdadeiro rival de Amesterdão, Frankfurt e Paris Charles de Gaulle".

O grupo sublinha que a aquisição permite "desbloquear novas oportunidades de crescimento de rede" e oferecer "benefícios significativos ao cliente, proporcionando maior escolha e flexibilidade de programação e maiores oportunidades de ganhar e resgatar milhas".

O negócio permitirá sinergias "significativas" de custos e de receitas, sendo expectativa do IAG ver um aumento de ganhos no primeiro ano completo após a conclusão da aquisição.

O grupo prevê que o dinheiro gasto em 2021 com a compra da Air Europa será "mínimo" e antecipa fluxos de caixa líquidos positivos pelo menos até ao reembolso do empréstimo da SEPI em 2026, quando as sinergias da fusão deverão estar a funcionar em pleno.

O valor bruto dos activos da Air Europa em 31 de Dezembro de 2019 era de 967 milhões de euros. Nesse ano, a companhia do grupo Globalia teve receitas de 2,1 mil milhões de euros, lucro operacional de 71 milhões de euros e lucro antes de impostos de 42 milhões de euros, segundo dados citados no comunicado do IAG.

A Air Europa transportou 13,1 milhões de passageiros em 2019, mas no ano passado, devido aos efeitos da pandemia de covid-19, o volume de passageiros caiu cerca de 70%.

A frota da Air Europa é constituída por 52 aeronaves, menos 16 que em finais de 2019. Todas as aeronaves, excepto uma, são contratadas em leasing operacional. O IAG estima o passivo de arrendamento (IFRS 16) da Air Europa em cerca de 1,6 mil milhões de euros no final de 2020.

"Fazer parte de um grande grupo é a melhor garantia de superar os desafios actuais do mercado, o que também beneficiará a Air Europa assim que a transacção for concluída", frisou Luis Gallego, CEO do IAG, citado no comunicado.

Javier Hidalgo, CEO da Globalia, afirmou por sua vez que o negócio "é um grande esforço de todos nós e é a melhor forma de recuperar o turismo, o transporte em Espanha e o hub de Madrid".

Javier Sánchez-Prieto, CEO da Iberia, destacou que o sentido estratégico da aquisição "para reforçar a competitividade do hub de Madrid num cenário global".

Ver também:

Espanha aprova resgate da Air Europa com empréstimo de 475 milhões de euros

 

Clique para ver mais: Air Europa

Clique para ver mais: Iberia

Clique para ver mais: IAG

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Iberia vai testar aplicação de validação de testes em voos para os Estados Unidos

26-02-2021 (17h38)

A companha aérea Iberia vai testar a aplicação VeriFLY, que valida a documentação de passageiros relativa a testes à covid-19, nos voos de Espanha para Miami e Nova Iorque, até 23 de Abril.

Fronteiras com Espanha permanecem fechadas até 16 de Março

26-02-2021 (16h46)

O controlo de pessoas nas fronteiras entre Portugal e Espanha vai manter-se até 16 de Março devido à pandemia, e passam a existir mais dois pontos de passagem autorizada em Ponte da Barca e Vinhais.

W2M lança dois novos operadores turísticos para vender férias na praia e grandes viagens

25-02-2021 (17h54)

A W2M, do Grupo Iberostar, anunciou ao mercado espanhol dois novos operadores turísticos, designadamente o Newblue, para vender pacotes turísticos para as Caraíbas, Baleares e Canárias, e o Icárion, para vender grandes viagens.

Costa Cruzeiros anuncia produto para o mercado Ibérico

25-02-2021 (13h29)

A Costa Cruzeiros, subsidiária da Carnival Corporation, está a promover um novo produto para a região da Península Ibérica, com "mais gastronomia, novos horários adaptados a este estilo de vida e propostas de animação" em cruzeiros entre Junho e Setembro.

World2Fly adia começo das operações para o início do Verão

23-02-2021 (11h08)

A World2Fly, nova companhia aérea da World2Meet, do Grupo Iberostar, que tinha previsto começar a voar para de Lisboa e Madrid para as Caraíbas na Primavera, adiou o começo das suas operações para o início do Verão.

Opinião e Análise