Quebra de passageiros em voos entre Espanha e Portugal atingiu 80,9% em Agosto

14-09-2020 (17h32)

Foto: AENA
Foto: AENA

Os voos entre Espanha e Portugal, que entre Junho e Setembro do ano passado superaram sempre o meio milhão de passageiros por mês, este Agosto ficaram nuns escassos 109,5 mil, com uma quebra homóloga em 80,9% ou 464,1 mil.

Dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, indicam que, no entanto, trata-se de uma quebra ‘em linha’ com o decréscimo médio do tráfego internacional de/para Espanha, que em Agosto baixou 80,7%, com uma quebra de 17 milhões de passageiros.

A primeira origem/destino de passageiros de voos internacionais nos aeroportos espanhóis no mês de Agosto foi a Alemanha, com 839,9 mil, seguida pelo Reino Unido, com 624,6 mil, França, com 524,3 mil, Itália, com 393,9 mil, e Holanda, com 339,6 mil.

Os voos de/para Portugal tiveram o 9º maior número de passageiros no mês de Agosto, depois também da Bélgica, com 262,6 mil, Suíça, com 161 mil, e Polónia, com 138,4 mil.

A informação mostra, que ‘na ponta portuguesa’ das operações, o Aeroporto do Porto foi o que melhor resistiu, tendo a única quebra abaixo da quebra média de tráfego entre os dois países ibéricos, ainda assim com -78,7% ou menos 178,2 mil passageiros que há um ano.

Os dados da AENA indicam que os seus aeroportos tiveram em Agosto 48,2 mil passageiros de voos de/para o Porto, o que equivale a 44% do tráfego total entre os dois países.

Lisboa, apesar de uma quebra mais forte, em 81,1%, representando um decréscimo de 253,7 mil passageiros, manteve-se em Agosto a primeira origem/destino das ligações entre os dois países, com 59,2 mil, representando 54,1% do total.

Os outros aeroportos portugueses com tráfego expressivo em voos de/para aeroportos espanhóis em Agosto são Faro, com 1.175 passageiros, e o Funchal, com 811.

No conjunto dos primeiros oito meses do ano, em que o total de passageiros entre Portugal e Espanha eleva-se a 1,18 milhões, pelos 847 mil que voaram antes da pandemia atingir mais fortemente a Europa, a quebra em relação ao período homólogo de 2019 é em 68,3% ou 2,55 milhões.

Os voos de/para Lisboa somam 767,1 mil passageiros (64,7% do total), com quebra em 65,9% ou 1,48 milhões, e seguem-se o Porto, com 409,3 mil (34,5% do total), em quebra de 70,2% ou 965,3 mil, Funchal, com quase seis mil, em quebra de 88,1% ou 44,4 mil, Faro, com três mil, em quebra de 94,5% ou 52,1 mil, e Ponta Delgada, com 573, em quebra de 91% ou 5,8 mil.

Clique para ler:

Aeroportos espanhóis chegaram a perto de nove milhões de passageiros em Agosto

 

Clique para mais notícias: Aeroportos espanhóis

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Espanha

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Madrid alarga restrições para travar covid-19 e abrange mais de um milhão de pessoas

25-09-2020 (12h42)

O Governo Regional de Madrid decidiu hoje alargar a mais 167.381 pessoas (oito zonas sanitárias) as medidas que atualmente já restringem a mobilidade de mais de 850.000 habitantes para impedir a propagação da pandemia de covid-19.

Portugueses reduziram em 82% as dormidas na hotelaria espanhola em Agosto

23-09-2020 (16h36)

A hotelaria espanhola teve este Agosto uma quebra de dormidas de turistas residentes em Portugal em 82%, desde logo por um decréscimo do número de turistas em 76,7%, a que acresceu uma diminuição da estada média em 22,8%.

Iberia reduz estrutura para enfrentar a crise provocada pela covid-19

17-09-2020 (16h31)

A Iberia está a reorganizar a sua estrutura para enfrentar a crise provocada pela pandemia de covid-19 e preparar a recuperação gradual da procura, tendo reduzido número de direcções da sua comissão directiva.

TAP tem quebra de passageiros mais forte que o mercado dos voos Portugal – Espanha

14-09-2020 (17h43)

A TAP, que interrompeu totalmente os voos de/para Espanha nos meses de Abril a Junho, inclusive, está a ter uma retoma difícil, com quebras mais fortes que o tráfego total entre os dois países ibéricos.

Espanha atinge novo recorde diário de novos casos de covid-19 com 12.183

11-09-2020 (17h43)

Espanha contabilizou hoje 12.183 novos casos de covid-19, o número diário mais elevado desde o início da pandemia, e atinge o total de 566.326 infectados, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol.

Opinião e Análise