França vai continuar em confinamento nos próximos 15 dias

12-11-2020 (18h43)

O primeiro-ministro francês, Jean Castex, anunciou o confinamento em França vai continuar nos próximos 15 dias, mantendo-se abertos apenas os comércios considerados essenciais.

“Decidimos manter inalteradas, nos próximos 15 dias, pelo menos, as regras do confinamento”, anunciou esta tarde Jean Castex numa conferência de imprensa, citado pela agência Lusa.

O confinamento vai manter-se no país até pelo menos dia 1 de Dezembro, altura em que o Governo fará uma nova avaliação da progressão da covid-19.

O teletrabalho é encorajado, mantém-se a obrigatoriedade de apresentar uma justificação válida para sair de casa e apenas estão abertos os comércios alimentares.

Jean Castex estimou que o pico da nova vaga de covid-19 deve acontecer na próxima semana, caso os franceses continuem a respeitar as regras sanitárias em vigor.

"Eu tenho conhecimento da angústia dos comerciantes que querem trabalhar e estão muito inquietos por quererem reabrir antes da época de festas. Queremos que isso aconteça, mas ainda não é o momento", acrescentou o primeiro-ministro.

Se a situação melhorar no país, onde já morreram mais de 42.500 pessoas com covid-19 (10 mil nos últimos dois meses), o primeiro-ministro avisou que restaurantes, bares e ginásios devem continuar fechados ao público mesmo após dia 1 de Dezembro.

O Governo prevê apoios “maciços" aos negócios prejudicados pela covid-19, assim como o prolongamento do sistema de desemprego parcial, em que o Estado francês cobre 84% do salário dos trabalhadores dispensados das suas funções devido ao impacto da pandemia.

 

Clique para ver mais: Europa

Clique para ver mais: Covid-19

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

KLM reduz oferta de voos para Lisboa e Porto em Dezembro

27-11-2020 (12h43)

A companhia de aviação holandesa KLM anunciou uma redução de 15% da sua oferta de voos de Amesterdão para Lisboa e Porto durante o mês de Dezembro.

Disney vai despedir mais de 30 mil trabalhadores

27-11-2020 (10h05)

A Walt Disney Company anunciou que vai despedir 32 mil trabalhadores, principalmente funcionários dos seus parques temáticos, devido à pandemia de covid-19.

Meliá vai transformar um palácio em Milão num hotel de luxo

25-11-2020 (10h03)

A Meliá Hotels International vai transformar o Palazzo Venezia no seu quarto hotel na cidade de Milão, previsto inaugurar em 2023 com a sua marca de luxo Gran Meliá.

Quarentena à chegada a Inglaterra pode ser reduzida para cinco dias com teste negativo

24-11-2020 (12h49)

As novas regras para as pessoas que chegam a Inglaterra a partir de 15 de Dezembro incluem a redução do período de isolamento de duas semanas para cinco dias, mediante a apresentação de um teste de covid-19 negativo, que tem um custo de pelo menos 65 libras (73 euros).

CEO da Booking alerta hotelaria para aumento da procura de alojamento alternativo

23-11-2020 (12h51)

Glenn Fogel, presidente e CEO da Booking, está a alertar o mercado da hotelaria para uma nova tendência da procura em 2021, em que os tradicionais clientes dos hotéis também vão passar a considerar os alojamentos alternativos nas suas pesquisas.

Opinião e Análise