Grupo TUI perdeu quase 6.000 milhões de euros de receitas em seis meses

12-05-2021 (15h00)

Foto: Didier Weemaels / Unsplash
Foto: Didier Weemaels / Unsplash

O grupo TUI, maior do mundo na organização e comercialização de viagens, com milhões de clientes anualmente, mostrou hoje que nos seis meses até 31 de Março teve uma quebra das receitas em 89,2% ou 5.922,4 milhões de euros.

O grupo indicou que as suas vendas nesses seis meses ficaram em 716,3 milhões, quando no período homólogo do exercício anterior realizara 6.638,7 milhões.

Em causa está o impacto da pandemia de covid-19 que lhe causou quebras na ordem de 90% em diversas áreas de negócios, nomeadamente na maior, denominada Markets & Airlines, que baixou de 5.471,9 milhões para 598,6 milhões de euros.

A informação do TUI mostra que igualmente os seus resultados operacionais sofreram violentas quebras, apresentando a 31 de Março um prejuízo de 1.298,5 milhões de euros, com um agravamento de 74,1% face ao período homólogo do exercício anterior.

Esse agravamento ocorre apesar de uma redução de pessoal na TUI em 32,7%, de 53.525 para 36.029, atingindo os 83% nos cruzeiros, que têm estado impedidos de operar.

 

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Bruxelas espera “reciprocidade” dos EUA nas viagens não essenciais

23-06-2021 (13h59)

A Comissão Europeia afirmou hoje esperar “reciprocidade” das autoridades norte-americanas no que se refere às viagens de cidadãos entre os dois blocos, após ter incluído os Estados Unidos na lista de países que podem entrar em território comunitário.

Ryanair anuncia nova rota Faro – Teesside para este Verão

23-06-2021 (13h13)

A Ryanair anunciou uma nova rota para este Verão entre Faro e Teesside, no Norte de Inglaterra, que se junta às novas ligações já anunciadas entre o Algarve e Belfast City e entre Lisboa e Colónia, confirmadas hoje em Lisboa por Michael O'Leary, CEO do Grupo.

UE e EUA trabalham "intensamente" para retomar viagens não essenciais

22-06-2021 (17h40)

A União Europeia e os Estados Unidos estão a “trabalhar intensamente” para “retomar a normalidade” na circulação de pessoas, tendo em vista a realização de viagens não essenciais, adiantou hoje o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Escócia também adia próxima etapa do desconfinamento para Julho

22-06-2021 (17h37)

A Escócia também decidiu adiar a próxima etapa do seu plano de desconfinamento por várias semanas, tal como Inglaterra, devido ao agravamento da pandemia no Reino Unido, que registou ontem 27 mortes e 11.625 novos casos de covid-19.

Turistas franceses garantiram 21,2% das receitas turísticas portuguesas no 1º quadrimestre

22-06-2021 (17h10)

Um em cada cinco euros de receitas turísticas portuguesas nos primeiros quatro meses deste ano tiveram origem em turistas residentes em França, concluiu o PressTUR a partir dos dados publicados hoje pelo Banco de Portugal.

Opinião e Análise