Hi Fly entra na ‘corrida’ ao negócio de aviação do Thomas Cook

04-06-2019 (14h52)

Foto: Nils Nedel / Unsplash
Foto: Nils Nedel / Unsplash

A Hi Fly, companhia de aviação da família Mirpuri, sucessora da falida Air Luxor, é candidata à compra do negócio de aviação do Thomas Cook, segundo maior grupo de operação turística e agências de viagens, actualmente a batalhar pela sobrevivência.

A existência de uma candidatura da Hi Fly, em concorrência com Lufthansa, Virgin Atlantic, Indigo Partners e Triton Partners, neste caso apenas pela operação nos países nórdicos, foi avançada pelo “Mail on Sunday” e secundada pela agência Reuters, que diz, citando “uma fonte familiar com o assunto”, na segunda-feira, que a companhia da família Mirpuri apresentou uma proposta de compra.

A venda do negócio de aviação é a resposta do Thomas Cook à necessidade de reunir capital face a resultados decepcionantes (prejuízo de 183,2 milhões de euros no exercício terminado em Setembro), com três profit warnings (avisos de falhanço da previsão de resultados) em menos de um ano, que não permitem o serviço de uma dívida estimada em mais de mil milhões de libras.

A Thomas Cook foi, curiosamente, o primeiro cliente do A380 da Hi Fly, companhia especializada no negócio de ACMIs (do inglês para alugueres que incluem avião, tripulação, manutenção e seguros).

A sua antecessora, a Air Luxor, porém, também teve experiência num negócio semelhante ao das companhias de aviação do Thomas Cook, uma vez que também servia o operador turístico da família Mirpuri, a Air Luxor Tours.

Actualmente, a Hi Fly realiza alguns voos charters para operadores turísticos portugueses, designadamente os seus voos para o Nordeste do Brasil no réveillon, como voltará a acontecer este ano (clique para ler: Operadores portugueses já vendem charters para o Réveillon no Brasil).

 

Clique para mais notícias: Hi Fly

Clique para mais notícias: Thomas Cook

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Comissária Elisa Ferreira insta à utilização de fundos europeus para recuperar turismo

16-07-2020 (11h26)

A comissária europeia responsável pela Coesão e Reformas, a portuguesa Elisa Ferreira, apelou hoje à utilização de milhares de milhões de euros dos fundos europeus para "recuperar" e "transformar" o setor do turismo, muito afetado pela covid-19.

Jet2.com programa 45 voos por semana de oito cidades britânicas para Faro em Agosto

14-07-2020 (16h42)

A low cost britânica Jet2.com, do Dart Group, de que fazem parte também o operador Jet2holidays tem programados 45 voos por semana de oito cidades britânicas para Faro, com preços desde 40 euros em Agosto, bem como outros oito para o Funchal, de sete origens no Reino Unido.

António Costa diz que Europa começa a perceber que os surtos de covid-19 em Portugal são localizados

14-07-2020 (16h16)

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou estar convicto de que os países da União Europeia começam "finalmente" a perceber que o aumento do número de casos de covid-19 em Portugal é muito localizado, assumindo que também tem sensibilizado os seus homólogos europeus.

Hungria interdita entrada no país a residentes em vários países

14-07-2020 (14h32)

A Hungria vai interditar na terça-feira o acesso a residentes em países africanos, na maior parte dos países asiáticos e em alguns estados europeus, entre medidas que afectam também Portugal, anunciou o Governo, invocando o agravamento mundial da pandemia.

Grécia reabre a voos do Reino Unido mas exige teste negativo à covid-19

13-07-2020 (13h48)

A Grécia vai reabrir os seus aeroportos a voos do Reino Unido a partir de quarta-feira, mas exigirá aos passageiros a apresentação de um teste negativo ao novo coronavírus realizado até três dias antes.

Opinião e Análise