PIB da zona euro cai 15% no 2º trimestre, com Portugal a registar o quarto maior recuo

31-07-2020 (12h07)

A economia da zona euro teve uma contração homóloga de 15% no segundo trimestre de 2020, altura de grandes restrições devido à pandemia de covid-19, com Portugal a registar o quarto maior declínio, divulgou hoje o Eurostat.

Segundo a estimativa rápida preliminar hoje divulgada pelo Eurostat, no segundo trimestre deste ano, quando as medidas de contenção para a covid-19 adoptadas pelos Estados-membros tiveram maior impacto na economia, o Produto Interno Bruto (PIB) caiu 15% na zona euro e 14,4% no conjunto da União Europeia (UE) em comparação com o mesmo período de 2019.

Dos Estados-membros para os quais existem dados disponíveis para o segundo trimestre de 2020, Espanha (-22,1%) foi o país europeu com maior declínio na variação homóloga, seguindo-se França (-19%) e Itália (-17,3%).

De acordo com estes dados do gabinete de estatísticas comunitário, Portugal teve, neste período, a quarta queda mais acentuada, ao afundar 16,5%, como divulgado hoje pelo Instituto Nacional de Estatística.

Por seu lado, na variação em cadeia, o PIB português caiu 14,1%.

Ainda na comparação com o trimestre anterior, entre Abril e Junho, o PIB caiu 12,1% na zona euro e 11,9% na UE.

O serviço de estatística comunitário observa que esta redução trimestral representa, “de longe, os declínios mais acentuados observados desde o início das séries cronológicas em 1995”, que comparam com quedas mais contidas do PIB de 3,6% na zona euro e 3,2% na UE no primeiro trimestre de 2020.

O Eurostat ressalva, ainda assim, que estas são estimativas preliminares e ainda incompletas, que serão atualizadas em meados de Agosto.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

ATA investe em campanha publicitária no Reino Unido

12-08-2020 (17h38)

A Associação Turismo do Algarve (ATA) vai reforçar a mensagem de que a região é um destino seguro junto do Reino Unido, através de uma campanha publicitária que será emitida na estação de televisão Channel 5, foi hoje anunciado.

França estima em mais de 30.000 milhões de euros as perdas imediatas no turismo

10-08-2020 (17h16)

O Governo francês admitiu hoje que a pandemia de covid-19 provocou perdas imediatas no setor do turismo de, pelo menos, 30.000 a 40.000 milhões de euros.

UE retira Marrocos da lista de países sem restrições de viagens devido à covid-19

08-08-2020 (09h07)

A União Europeia retirou Marrocos da lista de países isentos de restrições de viagens por causa de um recrudescimento de casos de infeções com covid-19, anunciou o Conselho, em comunicado.

Noruega desaconselha todas as viagens para o exterior devido a aumento de casos

07-08-2020 (18h25)

O Governo norueguês desaconselhou hoje quaisquer viagens para o estrangeiro, inclusive para os destinos de onde é possível regressar sem fazer uma quarentena, devido ao aumento de casos Covid-19 em todo o continente europeu.

Aeroportos europeus perderam perto de 1.000 milhões de passageiros até ao fim de Julho

07-08-2020 (13h04)

Julho foi mais um mês de grande quebra de passageiros nos aeroportos europeus, informou hoje o Airports Council International (ACI), que avançou a estimativa de uma quebra de 208 milhões no mês, acrescentando que, dessa forma, desde o início do ano os aeroportos europeus estão com menos 969 milhões e passageiros que no período homólogo de 2019.

Opinião e Análise