Ryanair declara aumento ‘explosivo’ do lucro operacional em 234% no último trimestre de 2019

03-02-2020 (21h11)

Foto: Ryanair
Foto: Ryanair

A low cost Ryanair teve um aumento do lucro operacional em 234% no último trimestre de 2019, que corresponde ao 3º trimestre do seu exercício 2019/2020 que termina a 31 de Março, por aumento da receita em 21% face a subida dos custos em 10%.

O balanço da Ryanair mostra que esse aumento do resultado operacional ficou a dever-se principalmente ao crescimento das receitas, decorrente de um aumento da tarifa média em 9%, para 33 euros, associado a um aumento de passageiros em 6%, para 35,9 milhões, e um aumento das receitas complementares por passageiros em 21%, para 20 euros.

Do lado dos custos, a contribuir para o forte crescimento do resultado operacional estiveram aumentos abaixo do crescimento das receitas nos combustíveis (14%, para 686 milhões de euros), taxas de aeroporto e handling (7%, para 272,7 milhões), pessoal (11%, para 276,5 milhões), estagnação dos encargos de navegação aérea (180,4 milhões) e marketing e distribuição (4%, para 137,4 milhões).

O balanço especifica que com esse aumento do resultado operacional em 234% o resultado líquido do trimestre melhorou 153,9 milhões, de uma perda de 66,1 milhões no último trimestre de 2018 para um lucro de 87,8 milhões no último trimestre de 2019.

Para os nove meses de Abril a Dezembro de 2019, a Ryanair declara um lucro líquido de 1.240,4 milhões de euros, em alta de 14% ou 155,8 milhões em relação ao período homólogo do exercício anterior.

O resultado operacional para este período ascende a 1.379,6 milhões de euros, em alta de 12% ou 143,1 milhões.

Para ler mais clique:

 

Clique para mais notícias: Ryanair

Clique para mais notícias: Aviação


 

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair reduz mais 20% na capacidade para Outubro

18-09-2020 (17h04)

A Ryanair anunciou hoje uma redução adicional de 20% na capacidade para Outubro, além da redução de 20% já anunciada em Agosto, devido ao impacto das “contínuas mudanças nas políticas e restrições de viagens” na União Europeia.

Aeroportos europeus tiveram -69% de passageiros no seu melhor mês do ano

18-09-2020 (16h05)

Os aeroportos europeus tiveram este mês de Agosto, tradicionalmente o seu melhor mês do ano, uma quebra de passageiros em 69%, que equivale a uma perda de 176,5 milhões, de acordo com o ACI Europe.

Turismo europeu pede a Bruxelas testes coordenados para acabar com restrições de viagens divergentes

18-09-2020 (14h00)

Mais de 20 organizações europeias de turismo e de aviação pediram hoje à Comissão Europeia para acabar com a “contínua falta de coordenação” e as “restrições de viagens divergentes”, implementando um programa de testes comum para os viajantes.

Áustria reforça restrições a contactos sociais para evitar "segundo confinamento"

18-09-2020 (13h21)

O primeiro-ministro austríaco, Sebastian Kurz, anunciou um endurecimento das restrições aos contactos sociais para evitar a disseminação do novo coronavírus e assim evitar "um segundo confinamento".

Coordenação entre países é uma das prioridades da Declaração de Tbilisi

18-09-2020 (11h33)

A necessidade de os países se coordenarem para harmonizarem práticas e procedimentos nas viagens é uma das prioridades sinalizadas na Declaração de Tbilisi, ratificada por unanimidade no 112.º Conselho Executivo da Organização Mundial do Turismo.

Opinião e Análise