Tribunal da UE rejeita recurso da Ryanair contra ajudas estatais à Air France e SAS

17-02-2021 (11h07)

Foto: Helloquence / Unsplash
Foto: Helloquence / Unsplash

A primeira instância do Tribunal de Justiça da União Europeia (UE) rejeitou hoje um recurso da Ryanair contra ajudas estatais à aviação dadas pela Suécia e por França, por considerá-las “conforme” as leis comunitárias.

Em comunicado, o Tribunal Geral da UE informa que tanto o regime de garantias criado pela Suécia para apoiar as companhias aéreas titulares de uma licença de exploração sueca, como as moratórias sobre o pagamento de taxas estabelecidas pela França a favor das companhias de transporte aéreo titulares de uma licença francesa, no contexto da pandemia de covid-19, são “conforme com o direito da União”.

Por essa razão, nestes que foram os primeiros recursos de uma série de processos interpostos pela Ryanair, “foi negado provimento pelo Tribunal Geral da União Europeia no seu acórdão de hoje”, adianta o organismo na nota de imprensa citada pela agência Lusa.

Foram várias as acções interpostas pela Ryanair na primeira instância do Tribunal Europeu de Justiça contra ajudas estatais aprovadas pela Comissão Europeia à aviação em altura de crise gerada pela pandemia de covid-19.

Uma dessas ações – para a qual está esperado um acórdão nas próximas semanas – diz respeito à TAP e foi interposta em 22 Julho de 2020 com a argumentação de que este apoio português viola o tratado europeu e as regras concorrenciais.

Com essa acção, o objectivo da Ryanair era que fosse anulada a decisão de 10 de Junho de 2020, quando o executivo comunitário deu ‘luz verde’ a um auxílio de emergência português à TAP, um apoio estatal de 1,2 mil milhões de euros para responder às necessidades imediatas de liquidez dada a pandemia de covid-19, com condições predeterminadas para o seu reembolso.

 

Clique para ver mais: Ryanair

Clique para ver mais: Europa

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Amadeus assina parceria com a Microsoft para “impulsionar a inovação”

26-02-2021 (15h28)

O Amadeus assinou um acordo com a Microsoft para usar a sua “tecnologia de cloud para inovar e explorar novos produtos e soluções e criar experiências de viagens mais fáceis no futuro”.

IAG assina com Amadeus para chegar às agências de viagens via NDC

26-02-2021 (13h54)

As companhias aéreas British Airways, Iberia, Aer Lingus e Vueling, que constituem o IAG, anunciaram hoje que vão ter os seus voos e serviços disponíveis para agências de viagens através de soluções NDC na Amadeus Travel Platform.

Certificado de vacinação europeu requer “pelo menos três meses de desenvolvimento técnico”

26-02-2021 (12h35)

A presidente da Comissão Europeia disse que os países da União Europeia vão ter de trabalhar rapidamente para criar um certificado de vacinação que funcione este Verão, e alertou que são precisos “pelo menos três meses de desenvolvimento técnico”.

Travelport anuncia nova plataforma que irá “reinventar o retalho de viagens”

25-02-2021 (17h27)

A Travelport, empresa a que pertence o Galileo, sistema global de reservas (GDS) mais utilizado pelas agências de viagens portuguesas, está a investir na “reconstrução completa” da sua plataforma para apresentar um novo marketplace quer irá “reinventar o retalho de viagens”.

França faz pleno da liderança de passageiros nos três maiores aeroportos portugueses

25-02-2021 (17h07)

França foi a primeira origem/destino de passageiros dos aeroportos de Lisboa, Porto e Faro no primeiro mês deste ano, destronando o Reino Unido no Algarve, onde os voos de/para as ilhas britânicas tiveram uma quebra em 96%, que é a maior de todos os aeroportos em Janeiro.

Ultimas Noticias

Opinião e Análise