Falência da Thomas Cook “é um reordenamento do sector”, OMT

10-10-2019 (00h10)

O director executivo da Organização Mundial do Turismo (OMT), Manuel Butler, afirmou que a falência da Thomas Cook “é um reordenamento do sector” no contexto da “transformação brutal” que está a viver o turismo a nível mundial.

A falência do operador turístico britânico é “uma notícia triste”, já que para uma organização que promove o turismo é sempre uma “má notícia” quando desaparece um dos seus actores, mas este desaparecimento enquadra-se no “momento disruptivo” que vive o sector, afirmou o responsável, citado pela agência EFE.

“Os fluxos turísticos e a vontade de viajar mantém-se” e, além disso, viajar “é um bem de primeira necessidade”, pelo que o mercado voltará à normalidade, acrescentou Manuel Butler.

O operador turístico britânico Thomas Cook anunciou falência em 23 de Setembro último, depois de não ter conseguido obter fundos necessários para garantir a sobrevivência.

A falência levou as autoridades a organizar um repatriamento de cerca de 600 mil turistas em todo o mundo.

Em Portugal, o Governo disponibilizou uma linha de crédito para as empresas afectadas pela insolvência do operador turístico Thomas Cook, com um montante até 1,5 milhões de euros, para financiar necessidades de tesouraria.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Thomas Cook

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: OMT

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Brussels programa voos para Lisboa, Faro e Porto em Junho

05-06-2020 (16h32)

A Brussels Airlines programou retomar os voos para vários destinos europeus a partir de Junho, incluindo Lisboa, Faro e Porto.

Açores estão desde hoje sem casos activos de covid-19

05-06-2020 (16h24)

Os Açores estão desde hoje sem casos activos de covid-19, com a recuperação, nas últimas 24 horas, da única doente que ainda estava infectada, informou a Autoridade de Saúde Regional.

Emirates anuncia extensão da rede para 29 cidades a partir de 15 de Junho

05-06-2020 (16h13)

A Emirates, maior companhia de aviação do mundo em transporte internacional de passageiros, anunciou que a partir de dia 15 vai ter voos para mais 16 cidades, entre as quais Manchester, Zurique, Viena, Amsterdão, Copenhaga e Dublin, na Europa.

Grupo Lufthansa planeia retomar 70% das rotas de longo curso até Setembro

05-06-2020 (16h08)

O Grupo Lufthansa planeia retomar até Setembro 70% das rotas de longo curso e 90% das rotas de curto e médio cursos que inicialmente tinha programado, entre as quais destaca Faro e Funchal.

Sonhando confia que a sua operação charter para Cuba vai ser “a mais bem sucedida este ano em Portugal”

05-06-2020 (15h27)

José Manuel Antunes, director-geral do operador Sonhando, está confiante que este ano, apesar do impacto da pandemia de Covid-19 nas viagens e turismo, não só vai conseguir realizar a operação charter para Cuba, como até diz ter a esperança de que será a operação de longo curso “mais bem sucedida este ano em Portugal”.

Opinião e Análise